Gostou do artigo? Compartilhe!

Cronologia do início de distúrbios mentais e de doenças físicas em comorbidades mentais e físicas

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Este artigo baseia-se em dados ponderados (n=6483) do National Comorbidity Survey Adolescent Supplement (idade dos participantes: de 13 a 18 anos), uma coorte1 nacionalmente representativa dos Estados Unidos. O início dos transtornos mentais ao longo da vida descritos pelo Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, 4ª Edição, foi avaliado com a entrevista World Health Organization Composite International Diagnostic Interview, sendo complementado pelo relatório dos pais. O início das condições médicas ao longo da vida e as doenças diagnosticadas por médicos foram avaliados por autorrelato.

As associações temporais mais significativas com o início dos transtornos mentais que precederam o início de doenças físicas incluíram associações entre distúrbios afetivos e artrite2 (hazard ratio (HR)=3,36, intervalo de confiança (IC) de 95%=1,95 a 5,77) e doenças do sistema digestivo3 (HR=3,39, IC=2,30 a 5,00); entre transtornos de ansiedade e doenças de pele4 (HR=1,53, IC=1,21 a 1,94); e entre transtornos por uso de substâncias e alergias sazonais (HR = 0,33, IC=0,17 a 0,63).

As associações temporais mais significativas com doenças físicas anteriores a transtornos mentais incluíram doenças cardíacas e transtornos de ansiedade (HR=1,89, IC=1,41 a 2,52); epilepsia5 e transtornos alimentares (HR=6,27, IC=1,58 a 24,96); e doenças cardíacas e qualquer transtorno mental (HR=1,39, IC=1,11 a 1,74).

Leia sobre "Artrite2", "Ansiedade" e "Epilepsias".

Concluiu-se que os achados do estudo sugerem que os transtornos mentais são fatores de risco antecedentes de certas doenças físicas no início da vida, mas também vice-versa. Os resultados expandem a relevância dos transtornos mentais para além da saúde6 mental e física, e vice-versa, apoiando o conceito de uma abordagem mais integrada de saúde6 mental e física e abrem novos pontos de partida para a prevenção da doença e melhores tratamentos, com relevância para várias disciplinas médicas.

 

Fonte: PLOS One, de 21 de outubro de 2016

 

NEWS.MED.BR, 2016. Cronologia do início de distúrbios mentais e de doenças físicas em comorbidades mentais e físicas. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1283208/cronologia-do-inicio-de-disturbios-mentais-e-de-doencas-fisicas-em-comorbidades-mentais-e-fisicas.htm>. Acesso em: 19 jan. 2020.

Complementos

1 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
2 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
3 Sistema digestivo: O sistema digestivo ou digestório realiza a digestão, processo que transforma os alimentos em substâncias passíveis de serem absorvidas pelo organismo. Os materiais não absorvidos são eliminados por este sistema. Ele é composto pelo tubo digestivo e por glândulas anexas.
4 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
5 Epilepsia: Alteração temporária e reversível do funcionamento cerebral, que não tenha sido causada por febre, drogas ou distúrbios metabólicos. Durante alguns segundos ou minutos, uma parte do cérebro emite sinais incorretos, que podem ficar restritos a esse local ou espalhar-se. Quando restritos, a crise será chamada crise epiléptica parcial; quando envolverem os dois hemisférios cerebrais, será uma crise epiléptica generalizada. O paciente pode ter distorções de percepção, movimentos descontrolados de uma parte do corpo, medo repentino, desconforto no estômago, ver ou ouvir de maneira diferente e até perder a consciência - neste caso é chamada de crise complexa. Depois do episódio, enquanto se recupera, a pessoa pode sentir-se confusa e ter déficits de memória. Existem outros tipos de crises epilépticas.
6 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
Gostou do artigo? Compartilhe!