Gostou do artigo? Compartilhe!

Beber chá pode reduzir o risco de doenças cardíacas e derrames somente se ingerido sem leite, segundo estudo publicado no European Heart Journal

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Pesquisadores do Charite Hospital da Universidade de Berlim, na Alemanha, descobriram que o leite elimina os efeitos benéficos do chá para a proteção contra doenças cardiovasculares1. Estudos já demonstraram que o chá preto é eficiente como anti-oxidante e neuroestimulante, sendo aplicado em estudos contra o câncer2 e epilepsia3. Além disso, o chá verde apresenta propriedades músculo-relaxantes, com efeito sobre a hipertensão4 e ulcerações5 no aparelho digestivo6.

O chá é a bebida mais consumida no mundo depois da água e qualquer descoberta a respeito dele tem um impacto importante para a saúde7 pública. O estudo publicado no European Heart Journal mostrou que a caseína existente no leite diminui um componente do chá conhecido como catequina, responsável pelo aumento da proteção contra doenças cardíacas. Os pesquisadores acreditam que esta descoberta explique porque em países como a Inglaterra, onde o chá é habitualmente consumido com leite, não há uma diminuição de risco cardiovascular e derrame8 com o consumo de chá.

Os estudiosos compararam os efeitos de beber chá e água com e sem leite em 16 mulheres e usaram um ultrassom para ver o funcionamento de uma artéria9 do braço antes e duas horas depois da ingestão. O chá preto aumentou significativamente o fluxo sangüíneo quando era ingerido apenas com água, mas misturado ao leite o efeito era cortado.

Testes em roedores produziram efeitos semelhantes. Quando ingeriam chá preto com água, eles produziram mais óxido nítrico, que promove a dilatação das artérias10. Quando o leite era adicionado, o efeito era bloqueado.

Outros estudos já demonstraram também que o chá tem efeito de proteção contra o câncer2. O orientador da pesquisa, Dr. Stangl, diz que são fundamentais novas pesquisas envolvendo a associação entre consumo de chá com ou sem leite e a proteção contra o câncer2, já que ficou demonstrado que o leite pode alterar a composição do chá e seus efeitos sobre o organismo.

Fonte: European Heart Journal

NEWS.MED.BR, 2007. Beber chá pode reduzir o risco de doenças cardíacas e derrames somente se ingerido sem leite, segundo estudo publicado no European Heart Journal. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/10451/beber-cha-pode-reduzir-o-risco-de-doencas-cardiacas-e-derrames-somente-se-ingerido-sem-leite-segundo-estudo-publicado-no-european-heart-journal.htm>. Acesso em: 22 out. 2019.

Complementos

1 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
3 Epilepsia: Alteração temporária e reversível do funcionamento cerebral, que não tenha sido causada por febre, drogas ou distúrbios metabólicos. Durante alguns segundos ou minutos, uma parte do cérebro emite sinais incorretos, que podem ficar restritos a esse local ou espalhar-se. Quando restritos, a crise será chamada crise epiléptica parcial; quando envolverem os dois hemisférios cerebrais, será uma crise epiléptica generalizada. O paciente pode ter distorções de percepção, movimentos descontrolados de uma parte do corpo, medo repentino, desconforto no estômago, ver ou ouvir de maneira diferente e até perder a consciência - neste caso é chamada de crise complexa. Depois do episódio, enquanto se recupera, a pessoa pode sentir-se confusa e ter déficits de memória. Existem outros tipos de crises epilépticas.
4 Hipertensão: Condição presente quando o sangue flui através dos vasos com força maior que a normal. Também chamada de pressão alta. Hipertensão pode causar esforço cardíaco, dano aos vasos sangüíneos e aumento do risco de um ataque cardíaco, derrame ou acidente vascular cerebral, além de problemas renais e morte.
5 Ulcerações: 1. Processo patológico de formação de uma úlcera. 2. A úlcera ou um grupo de úlceras.
6 Aparelho digestivo: O aparelho digestivo ou digestório realiza a digestão, processo que transforma os alimentos em substâncias passíveis de serem absorvidas pelo organismo. Os materiais não absorvidos são eliminados por este sistema. Ele é composto pelo tubo digestivo e por glândulas anexas.
7 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
8 Derrame: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
9 Artéria: Vaso sangüíneo de grande calibre que leva sangue oxigenado do coração a todas as partes do corpo.
10 Artérias: Os vasos que transportam sangue para fora do coração.
Gostou do artigo? Compartilhe!