Gostou do artigo? Compartilhe!

“Pré-natal masculino”, durante a gestação da parceira, é incentivado pelo Ministério da Saúde

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Além das ações de incentivo ao aumento da realização de procedimentos urológicos1 no Sistema Único de Saúde2 (SUS), como exames e cirurgias de próstata3, vasectomia e fimose4, o Ministério da Saúde2 vai estimular os futuros pais a fazerem um check up durante o pré-natal da parceira.

O objetivo é estimular o homem a acompanhar as consultas durante os nove meses de gestação da parceira, realizar exames para cuidados preventivos com a saúde2, diagnóstico5 precoce e tratamento de doenças que possam afetar a saúde2 da mulher e, por consequência, a do bebê, como Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), por meio da realização de exames de sífilis6, HIV7 e hepatites8 virais B e C.

Em Ribeirão Preto (SP), os médicos  já aproveitam esta oportunidade para fazer a aferição da pressão arterial9, a solicitação de exames para diabetes mellitus10 e dosagem de colesterol11.  Também promovem reuniões mensais com os casais para informá-los sobre as alterações que podem ocorrer com a mulher e entre o casal durante a gravidez12 e o nascimento do filho, o que ajuda na redução da violência doméstica, segundo o diretor da faculdade de medicina da USP em Ribeirão Preto, Geraldo Duarte, responsável pela implementação do projeto no município.

Os homens têm mais resistência a procurarem cuidados médicos e muitos não seguem os tratamentos recomendados. Eles também apresentam hábitos de vida menos saudáveis e estão mais suscetíveis a fatores de risco para doenças crônicas.

Fonte: Ministério da Saúde2

NEWS.MED.BR, 2010. “Pré-natal masculino”, durante a gestação da parceira, é incentivado pelo Ministério da Saúde. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/70887/pre-natal-masculino-durante-a-gestacao-da-parceira-e-incentivado-pelo-ministerio-da-saude.htm>. Acesso em: 13 dez. 2018.

Complementos

1 Urológicos: Que se referem ou pertencem à urologia, especialidade médica que se dedica ao estudo e tratamento das doenças do sistema urinário dos dois sexos e do sistema reprodutor masculino.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Próstata: Glândula que (nos machos) circunda o colo da BEXIGA e da URETRA. Secreta uma substância que liquefaz o sêmem coagulado. Está situada na cavidade pélvica (atrás da parte inferior da SÍNFISE PÚBICA, acima da camada profunda do ligamento triangular) e está assentada sobre o RETO.
4 Fimose: Estreitamento no prepúcio do pênis que impede sua exposição. Geralmente é congênita ou secundária a uma infecção.
5 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
6 Sífilis: Doença transmitida pelo contato sexual, causada por uma bactéria de forma espiralada chamada Treponema pallidum. Produz diferentes sintomas de acordo com a etapa da doença. Primeiro surge uma úlcera na zona de contato com inflamação dos gânglios linfáticos regionais. Após um período a lesão inicial cura-se espontaneamente e aparecem lesões secundárias (rash cutâneo, goma sifilítica, etc.). Em suas fases tardias pode causar transtorno neurológico sério e irreversível, que felizmente após o advento do tratamento com antibióticos tem se tornado de ocorrência rara. Pode ser causa de infertilidade e abortos espontâneos repetidos.
7 HIV: Abreviatura em inglês do vírus da imunodeficiência humana. É o agente causador da AIDS.
8 Hepatites: Inflamação do fígado, caracterizada por coloração amarela da pele e mucosas (icterícia), dor na região superior direita do abdome, cansaço generalizado, aumento do tamanho do fígado, etc. Pode ser produzida por múltiplas causas como infecções virais, toxicidade por drogas, doenças imunológicas, etc.
9 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
10 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
11 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
12 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
Gostou do artigo? Compartilhe!