Atalho: 5G4D47F
Gostou do artigo? Compartilhe!

Progressos no tratamento do melanoma e do câncer de pulmão são os destaques da conferência da American Society of Clinical Oncology (ASCO)

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A conferência anual da American Society of Clinical Oncology (ASCO) de 2010 reuniu mais de 30 mil oncologistas em Chicago para a mais importante reunião sobre pesquisas em câncer1. Dentre os principais destaques estão os progressos no tratamento do melanoma2 metastático e do câncer1 de pulmão3.

Progresso no tratamento do melanoma2 avançado: ipilimumab melhora sobrevida4 de pacientes com melanoma2 metastático.

Os resultados da fase 3 da triagem clínica envolvendo pacientes com melanoma2 avançado, a forma mais letal de câncer1 de pele5, mostraram que o acréscimo de Ipilimumab, um medicamento imunoterápico experimental, ao tratamento com a vacina6 chamada gp100 prolonga a sobrevida4 além da observada com o uso da vacina6 como monoterapia.

O Ipilimumab é um anticorpo7 monoclonal que ativa as células8 T do sistema imune9, as quais procuram e destroem as células8 tumorais no organismo. Mesmo sendo benefícios modestos - pessoas que receberam ambos os tratamentos sobreviveram 10 meses, enquanto as que receberam a vacina6 sobreviveram 6 meses, em média – este é o primeiro progresso no tratamento do melanoma2 avançado dos últimos trinta anos.

O tratamento não está livre de efeitos adversos. A maioria dos pacientes tolera bem o Ipilimumab, mas a triagem clínica alerta para a possível ocorrência de inflamação10 no cólon11 e diarreia12.

 Avanços no tratamento do câncer1 de pulmão3.

O destaque foi para o câncer1 de pulmão3 não-pequenas células8 (NSCLC), o qual representa cerca de 85% dos tumores do pulmão3. Muitos estudos apresentados enfocaram medicamentos que têm como alvo a proteína EGFR, incluindo o erlotinibe (Tarceva) e o gefitinibe (Iressa).

Uma das apresentações mais excitantes foi sobre as novas pesquisas com a droga crizotinibe (PF-02341066). O grupo estudado, que apresentava um tipo muito ativo da proteína ALK em tumores NSCLC e que usou o medicamento, apresentou um bloqueio desta proteína, a qual é importante para o controle do crescimento celular e sobrevida4, mostrando uma parada do crescimento das células8 tumorais. Este estudo contou com a participação de um pequeno número de pacientes e precisa ser reproduzido em maior escala.

Os resultados encontrados em apenas três anos da pesquisa mostram que os cientistas estão alcançando rápidos progressos na luta contra o câncer1.

Fonte: ASCO

NEWS.MED.BR, 2010. Progressos no tratamento do melanoma e do câncer de pulmão são os destaques da conferência da American Society of Clinical Oncology (ASCO). Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/59909/progressos-no-tratamento-do-melanoma-e-do-cancer-de-pulmao-sao-os-destaques-da-conferencia-da-american-society-of-clinical-oncology-asco.htm>. Acesso em: 20 out. 2019.

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Melanoma: Neoplasia maligna que deriva dos melanócitos (as células responsáveis pela produção do principal pigmento cutâneo). Mais freqüente em pessoas de pele clara e exposta ao sol.Podem derivar de manchas prévias que mudam de cor ou sangram por traumatismos mínimos, ou instalar-se em pele previamente sã.
3 Pulmão: Cada um dos órgãos pareados que ocupam a cavidade torácica que tem como função a oxigenação do sangue.
4 Sobrevida: Prolongamento da vida além de certo limite; prolongamento da existência além da morte, vida futura.
5 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
6 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
7 Anticorpo: Proteína circulante liberada pelos linfócitos em reação à presença no organismo de uma substância estranha (antígeno).
8 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
9 Sistema imune: Sistema de defesa do organismo contra infecções e outros ataques de micro-organismos que enfraquecem o nosso corpo.
10 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
11 Cólon:
12 Diarréia: Aumento do volume, freqüência ou quantidade de líquido nas evacuações.Deve ser a manifestação mais freqüente de alteração da absorção ou transporte intestinal de substâncias, alterações estas que em geral são devidas a uma infecção bacteriana ou viral, a toxinas alimentares, etc.
Gostou do artigo? Compartilhe!