Atalho: 57QQMQY
Gostou do artigo? Compartilhe!

Celular: Estado americano considera colocar alerta em celulares sobre o risco de desenvolvimento de tumor cerebral, segundo notícia publicada pelo CNET News

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Embora não haja estudos conclusivos sobre o risco de celulares causarem tumores cerebrais, uma deputada do estado de Maine, nos Estados Unidos, sugeriu que os celulares vendidos venham com um alerta dizendo que o uso pode causar tumores cerebrais e que as pessoas devem manter o aparelho o mais longe possível do seu corpo, segundo notícia publicada pelo CNET News.

A deputada democrata, Andrea Boland, disse à Associated Press que “vários estudos apontaram o risco de câncer1 para usuários de celulares”. Ela está elaborando sua proposta para o início de 2010. Andrea Boland usa o celular no modo de auto-falante quando precisa do aparelho e o mantém ligado somente quando sabe que alguém precisa contactá-la.

Se a proposta for aprovada, os celulares terão que vir com um aviso na embalagem sobre o risco do uso de celulares no desenvolvimento de  câncer1 cerebral. Este alerta também deve incluir recomendações para que as pessoas mantenham seus celulares o mais distante possível do corpo.

Instituições que estudam as radiações eletromagnéticas; incluindo EM Radiation Research Trust, Powerwatch e EMR Policy Institute liberaram um estudo, em agosto de 2009, que diz que há um risco estatisticamente significativo de desenvolvimento de tumor2 cerebral em usuários de telefones móveis, assim como um risco aumentado para câncer1 nos olhos3, tumores nas glândulas salivares4, câncer1 de testículo5, linfoma6 não Hodgkin's e leucemia7. Veja o documento original em Cellphones and Brain Tumors – 15 Reasons for Concern. Por outro lado, outras instituições como a Organização Mundial de Saúde8 (World Health Organization) e o Instituto Nacional do Câncer1 (National Cancer1 Institute) dizem que não há evidências conclusivas de que celulares causam câncer1. Mas concordam que novas pesquisas devem ser realizadas.

Fontes consultadas: 
CNET News

EM Radiation Research Trust

NEWS.MED.BR, 2009. Celular: Estado americano considera colocar alerta em celulares sobre o risco de desenvolvimento de tumor cerebral, segundo notícia publicada pelo CNET News. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/53225/celular-estado-americano-considera-colocar-alerta-em-celulares-sobre-o-risco-de-desenvolvimento-de-tumor-cerebral-segundo-noticia-publicada-pelo-cnet-news.htm>. Acesso em: 13 dez. 2018.

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
3 Olhos:
4 Glândulas salivares: As glândulas salivares localizam-se no interior e em torno da cavidade bucal tendo como objetivo principal a produção e a secreção da saliva. São elas: parótidas, submandibulares, sublinguais e várias glândulas salivares menores.
5 Testículo: A gônada masculina contendo duas partes funcionais Sinônimos: Testículos
6 Linfoma: Doença maligna que se caracteriza pela proliferação descontrolada de linfócitos ou seus precursores. A pessoa com linfoma pode apresentar um aumento de tamanho dos gânglios linfáticos, do baço, do fígado e desenvolver febre, perda de peso e debilidade geral.
7 Leucemia: Doença maligna caracterizada pela proliferação anormal de elementos celulares que originam os glóbulos brancos (leucócitos). Como resultado, produz-se a substituição do tecido normal por células cancerosas, com conseqüente diminuição da capacidade imunológica, anemia, distúrbios da função plaquetária, etc.
8 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
Gostou do artigo? Compartilhe!