Atalho: 5RC9Z74
Gostou do artigo? Compartilhe!

Brasil Saudável: governo quer reduzir doenças

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Anualmente, mais de 40% das mortes registradas no país ocorrem por causa das chamadas doenças não transmissíveis, como infarto1, derrame2 cerebral, enfisema3, cânceres e diabetes4. Essas são as principais causas de internação e óbito5. Só em 2003, significaram mais de 400 mil mortes. Custam ao Brasil cerca de R$ 11 bilhões por ano em consultas, internações e cirurgias (incluindo transplantes).

Essas doenças, em grande parte, podem ser evitadas com uma simples mudança de hábitos. É por isso que o Ministério da Saúde6 lança neste sábado, dia 25, o Projeto Brasil Saudável, que tem como objetivo estimular a população a adotar modos de vida diferentes, com ênfase na atividade física, na reeducação alimentar e no controle do tabagismo.

O Brasil Saudável envolve um conjunto de ações, desde campanhas publicitárias (em rádios, TVs, outdoors, revistas e jornais) - convocando a população a mudar seus hábitos - até a implantação de mais de 230 núcleos para a prática de atividades físicas em todas as capitais do País, até 2006.

Com o projeto, o Ministério da Saúde6 cumpre o compromisso com as diretrizes e as ações previstas na Estratégia Global de Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde6, lançada no ano passado pela Organização Mundial de Saúde6 (OMS). O Brasil Saudável também está inserido no contexto da Campanha do bom exemplo: essa moda pega, coordenado pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República.

Uma das principais ações do Brasil Saudável será a implantação, com investimento de R$ 8,7 milhões do Ministério da Saúde6, de mais de 230 Núcleos de Atividades Físicas até 2006, em todas as capitais do País. Essas unidades terão duas funções principais. A primeira é servir como uma "academia popular". Os freqüentadores terão acesso gratuito a orientações de professores de educação física e monitores para praticar exercícios físicos. Terão também espaço adequado e equipamentos como bastões e colchonetes, além de atendimento e orientação oferecidos por nutricionistas. Serão instalados quiosques destinados à avaliação física e nutricional dos freqüentadores, além de espaço para palestras. A definição das atividades acontecerá em função da demanda da população.

Fonte: Ministério da Saúde6

NEWS.MED.BR, 2005. Brasil Saudável: governo quer reduzir doenças. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/1043/brasil+saudavel+governo+quer+reduzir+doencas.htm>. Acesso em: 19 nov. 2019.

Complementos

1 Infarto: Morte de um tecido por irrigação sangüínea insuficiente. O exemplo mais conhecido é o infarto do miocárdio, no qual se produz a obstrução das artérias coronárias com conseqüente lesão irreversível do músculo cardíaco.
2 Derrame: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
3 Enfisema: Doença respiratória caracterizada por destruição das paredes que separam um alvéolo de outro, com conseqüente perda da retração pulmonar normal. É produzida pelo hábito de fumar e, em algumas pessoas, pela deficiência de uma proteína chamada Antitripsina.
4 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
5 Óbito: Morte de pessoa; passamento, falecimento.
6 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
Gostou do artigo? Compartilhe!