Gostou do artigo? Compartilhe!

Invokana: nova opção de tratamento para diabéticos tipo 2 aprovada pelo FDA

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O Food and Drug Administration (FDA) aprovou um novo medicamento para tratamento do diabetes mellitus1 tipo 2, a canagliflozina. Com nome comercial de Invokana, ele age sobre a reabsorção renal2 de glicose3 e faz parte de uma nova classe de medicamentos conhecida como inibidores da proteína cotransportadora de sódio e glicose3 2 (SGLT2).

Fisiologicamente, a glicose3 filtrada pelos rins4 é reabsorvida no túbulo contorcido proximal5 através da ação da SGLT2. A canagliflozina bloqueia a reabsorção da glicose3 pelo rim6, aumentando a excreção de glicose3 e reduzindo os níveis de açúcar7 no sangue8. O medicamento é ingerido uma vez ao dia.

A aprovação foi baseada em nove estudos multicêntricos, randomizados, que envolveram cerca de 10.300 pacientes e avaliaram a segurança e a eficácia da canagliflozina. Os estudos mostraram redução dos níveis de hemoglobina glicosilada9 e da glicemia de jejum10.

O medicamento está contraindicado em pacientes com diabetes tipo 111, pacientes com cetonúria12 ou naqueles com grave comprometimento renal2. Os principais efeitos colaterais13 observados incluem candidíase14 vulvovaginal, infecção15 urinária e hipotensão16 postural, principalmente nos primeiros três meses de tratamento.

A Invokana é comercializada pela Janssen Pharms.

Fonte: Food and Drug Administration 

NEWS.MED.BR, 2013. Invokana: nova opção de tratamento para diabéticos tipo 2 aprovada pelo FDA. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/369044/invokana-nova-opcao-de-tratamento-para-diabeticos-tipo-2-aprovada-pelo-fda.htm>. Acesso em: 15 mai. 2021.

Complementos

1 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
2 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
3 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
4 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
5 Proximal: 1. Que se localiza próximo do centro, do ponto de origem ou do ponto de união. 2. Em anatomia geral, significa o mais próximo do tronco (no caso dos membros) ou do ponto de origem (no caso de vasos e nervos). Ou também o que fica voltado para a cabeça (diz-se de qualquer formação). 3. Em botânica, o que fica próximo ao ponto de origem ou à base. 4. Em odontologia, é o mais próximo do ponto médio do arco dental.
6 Rim: Os rins são órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
7 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
8 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
9 Hemoglobina glicosilada: Hemoglobina glicada, hemoglobina glicosilada, glico-hemoglobina ou HbA1C e, mais recentemente, apenas como A1C é uma ferramenta de diagnóstico na avaliação do controle glicêmico em pacientes diabéticos. Atualmente, a manutenção do nível de A1C abaixo de 7% é considerada um dos principais objetivos do controle glicêmico de pacientes diabéticos. Algumas sociedades médicas adotam metas terapêuticas mais rígidas de 6,5% para os valores de A1C.
10 Glicemia de jejum: Teste que checa os níveis de glicose após um período de jejum de 8 a 12 horas (frequentemente dura uma noite). Este teste é usado para diagnosticar o pré-diabetes e o diabetes. Também pode ser usado para monitorar pessoas com diabetes.
11 Diabetes tipo 1: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada por deficiência na produção de insulina. Ocorre quando o próprio sistema imune do organismo produz anticorpos contra as células-beta produtoras de insulina, destruindo-as. O diabetes tipo 1 se desenvolve principalmente em crianças e jovens, mas pode ocorrer em adultos. Há tendência em apresentar cetoacidose diabética.
12 Cetonúria: Condição que ocorre quando as cetonas estão presentes na urina, um sinal de alerta na cetoacidose diabética.
13 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
14 Candidíase: É o nome da infecção produzida pela Candida albicans, um fungo que produz doença em mucosas, na pele ou em órgãos profundos (candidíase sistêmica).As infecções profundas podem ser mais freqüentes em pessoas com deficiência no sistema imunológico (pacientes com câncer, SIDA, etc.).
15 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
16 Hipotensão: Pressão sanguínea baixa ou queda repentina na pressão sanguínea. A hipotensão pode ocorrer quando uma pessoa muda rapidamente de uma posição sentada ou deitada para a posição de pé, causando vertigem ou desmaio.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Complementos

31/08/2013 - Complemento feito por Mirelle
Re: Invokana: nova opção de tratamento para diabéticos tipo 2 aprovada pelo FDA
Comecei a tomar este medicamento no mês passado. Está me fazendo muito bem.
Comprei em uma empresa chamada Primedicin Medicamentos Importados, o atendimento foi bom e o remédio chegou direitinho...

Abraços.

  • Entrar
  • Receber conteúdos