Gostou do artigo? Compartilhe!

Exforge: lançamento da Novartis para hipertensão arterial é aprovado pelo FDA

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A Novartis acaba de anunciar a aprovação pelo Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora americana, do Exforge®, uma nova opção de tratamento para pacientes1 com hipertensão arterial2. O medicamento combina, em um único comprimido, dois dos anti-hipertensivos mais prescritos, a valsartana e o besilato de anlodipino.


Em novembro, o Exforge® também recebeu um parecer positivo do Comitê de Produtos Medicinais para Uso Humano (CHMP), da agência reguladora de medicamentos européia (EMEA).


Facilidade de administração, melhor adesão ao tratamento e maior tolerabilidade são as principais vantagens do novo medicamento. Em testes clínicos, o Exforge® ajudou nove entre dez pacientes a atingir suas metas de tratamento (pressão arterial diastólica3 abaixo de 90 mmHg ou uma redução de mais de 10 mmHg na pressão diastólica4, em comparação às medições no início do tratamento).

 

 

A expectativa é que o medicamento esteja disponível para os pacientes dos EUA até o final de setembro de 2007 e chegue ao Brasil ainda este ano. O nome comercial no Brasil será Diovan® Amlo Fix.


Fontes: Food and Drug Administration

European Medicines Agency

NEWS.MED.BR, 2007. Exforge: lançamento da Novartis para hipertensão arterial é aprovado pelo FDA. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/10471/exforge-lancamento-da-novartis-para-hipertensao-arterial-e-aprovado-pelo-fda.htm>. Acesso em: 12 nov. 2019.

Complementos

1 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
2 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
3 Pressão arterial diastólica: É a pressão mais baixa detectada no sistema arterial sistêmico, observada durante a fase de diástole do ciclo cardíaco. É também denominada de pressão mínima.
4 Pressão Diastólica: É a pressão mais baixa detectada no sistema arterial sistêmico, observada durante a fase de diástole do ciclo cardíaco. É também denominada de pressão mínima.
Gostou do artigo? Compartilhe!