Atalho: 55ZLM8H
Gostou do artigo? Compartilhe!

Olaparib: novo medicamento para tumores de mama, ovário e próstata causados por mutações nos genes BRCA1 e BRCA2 mostra resultados preliminares promissores em triagem clínica

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Em estudo liderado pelo Institute of Cancer1 Research e publicado esta semana no New England Journal of Medicine, pesquisadores descrevem um novo tipo de tratamento para o câncer1, produzindo resultados preliminares promissores na fase I de uma triagem clínica.

O Olaparib, do laboratório AstraZeneca, foi oferecido para cerca de 20 pacientes com tipos hereditários específicos de câncer1 de mama2, ovário3 e próstata4 causados por mutações nos genes BRCA1 e BRCA2. Em doze destes pacientes – nenhum havia respondido a outras terapias prévias – o tumor5 foi reduzido ou estabilizado.

Um dos primeiros pacientes que recebeu o tratamento ainda está em remissão após dois anos de uso da medicação.

O Olaparib faz parte de uma nova classe de medicamentos chamada de "inibidores da enzima6 PARP", a qual tem como alvo células7 cancerígenas e preserva relativamente as células7 saudáveis do organismo. Os pacientes apresentaram poucos efeitos colaterais8 da medicação e alguns relataram que o tratamento foi mais tranquilo que a quimioterapia9 convencional.

Fontes:

The Institute of Cancer1 Research

The New England Journal of Medicine

NEWS.MED.BR, 2009. Olaparib: novo medicamento para tumores de mama, ovário e próstata causados por mutações nos genes BRCA1 e BRCA2 mostra resultados preliminares promissores em triagem clínica. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/novos-medicamentos/36593/olaparib-novo-medicamento-para-tumores-de-mama-ovario-e-prostata-causados-por-mutacoes-nos-genes-brca1-e-brca2-mostra-resultados-preliminares-promissores-em-triagem-clinica.htm>. Acesso em: 22 set. 2019.

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
3 Ovário: Órgão reprodutor (GÔNADAS) feminino. Nos vertebrados, o ovário contém duas partes funcionais Sinônimos: Ovários
4 Próstata: Glândula que (nos machos) circunda o colo da BEXIGA e da URETRA. Secreta uma substância que liquefaz o sêmem coagulado. Está situada na cavidade pélvica (atrás da parte inferior da SÍNFISE PÚBICA, acima da camada profunda do ligamento triangular) e está assentada sobre o RETO.
5 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
6 Enzima: Proteína produzida pelo organismo que gera uma reação química. Por exemplo, as enzimas produzidas pelo intestino que ajudam no processo digestivo.
7 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
8 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
9 Quimioterapia: Método que utiliza compostos químicos, chamados quimioterápicos, no tratamento de doenças causadas por agentes biológicos. Quando aplicada ao câncer, a quimioterapia é chamada de quimioterapia antineoplásica ou quimioterapia antiblástica.
Gostou do artigo? Compartilhe!