Atalho: 6N2VX9L
Gostou do artigo? Compartilhe!

Concentração urinária de bisfenol A (BPA) é associada à obesidade em crianças e adolescentes, em artigo publicado pelo JAMA

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O bisfenol A (BPA), uma substância química fabricada, é encontrado em alimentos enlatados, líquidos engarrafados e outros produtos de consumo. Nos adultos, as elevadas concentrações urinárias de BPA estão associadas à obesidade1 e à doença arterial coronariana incidente2. É possível que a exposição ao BPA esteja ligada à obesidade1 infantil, mas são poucas as informações disponíveis até o momento.

Com o objetivo de examinar as associações entre a concentração de BPA na urina3 e os resultados que ela pode ter na massa corporal de crianças, foi realizada uma análise transversal de uma subamostra nacionalmente representativa com 2.838 participantes. A idade variou entre 6 a 19 anos e as crianças foram selecionadas aleatoriamente para medir a concentração de BPA urinário. A pesquisa, que faz parte do programa de estudos National Health and Nutrition Examination Surveys, coordenada por Leonardo Trasande, foi publicada pelo periódico The Journal of the American Medical Association (JAMA). O índice de massa corporal4 (IMC5) foi usado para classificar os participantes como crianças com sobrepeso6 (IMC5 ≥ percentil 85 para a idade/sexo) ou obesidade1 (IMC5 ≥ percentil 95).

A concentração urinária mediana de BPA foi de 2,8 ng/ml. Dos participantes, 1.047 estavam com sobrepeso6 e 590 eram obesos. Após os ajustes estatísticos necessários, as crianças com menor concentração urinária de BPA, no primeiro quartil, tiveram uma menor prevalência7 estimada de obesidade1 (10.3%) do que aqueles nos quartis dois (20,1%), três (19%) e quatro (22,3%). A obesidade1 não foi associada com a exposição a outros fenois ambientais normalmente utilizados em produtos de consumo, tais como filtros solares e sabonetes. Na análise estratificada, associações significativas entre as concentrações de BPA na urina3 e a obesidade1 foram encontradas entre os brancos (P <0,001), mas não entre os negros ou hispânicos.

Os resultados da pesquisa mostram que a concentração urinária de BPA foi significativamente associada à obesidade1 em crianças e adolescentes. Não se pode descartar a possibilidade de que crianças obesas ingerem alimentos com maior teor de BPA ou têm maiores depósitos de BPA no tecido adiposo8.

Fonte: JAMA, volume 308, número 11, de 19 de setembro de 2012 

NEWS.MED.BR, 2012. Concentração urinária de bisfenol A (BPA) é associada à obesidade em crianças e adolescentes, em artigo publicado pelo JAMA. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/319220/concentracao-urinaria-de-bisfenol-a-bpa-e-associada-a-obesidade-em-criancas-e-adolescentes-em-artigo-publicado-pelo-jama.htm>. Acesso em: 16 dez. 2019.

Complementos

1 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
2 Incidente: 1. Que incide, que sobrevém ou que tem caráter secundário; incidental. 2. Acontecimento imprevisível que modifica o desenrolar normal de uma ação. 3. Dificuldade passageira que não modifica o desenrolar de uma operação, de uma linha de conduta.
3 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
4 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
5 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
6 Sobrepeso: Peso acima do normal, índice de massa corporal entre 25 e 29,9.
7 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
8 Tecido Adiposo: Tecido conjuntivo especializado composto por células gordurosas (ADIPÓCITOS). É o local de armazenamento de GORDURAS, geralmente na forma de TRIGLICERÍDEOS. Em mamíferos, existem dois tipos de tecido adiposo, a GORDURA BRANCA e a GORDURA MARROM. Suas distribuições relativas variam em diferentes espécies sendo que a maioria do tecido adiposo compreende o do tipo branco.
Gostou do artigo? Compartilhe!