Gostou do artigo? Compartilhe!

Associação entre força muscular moderada e menor incidência de diabetes tipo 2 foi mostrada em estudo publicado pela Mayo Clinic Proceedings

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Com o objetivo de examinar a associação entre força muscular e incidência1 de diabetes2 tipo 2, independente da aptidão cardiorrespiratória (ACR) estimada, foi publicado um estudo pela revista médica Mayo Clinic Proceedings.

Saiba mais sobre "Diabetes mellitus3".

Um total de 4.681 adultos, com idades entre 20 e 100 anos, que não tinham diabetes tipo 24 no início do estudo, foram incluídos na coorte5 prospectiva. Os participantes foram submetidos a testes de força muscular e teste de esforço em esteira entre 1º de janeiro de 1981 e 31 de dezembro de 2006.

A força muscular foi medida nos equipamentos de levantamento de peso conhecidos como "leg press" e "supino" e categorizada como terços específicos para faixa etária e sexo (inferior, intermediário e superior) do escore de força combinada. O diabetes tipo 24 foi definido com base nos níveis de glicose6 plasmática em jejum, insulinoterapia ou diagnósticos médicos.

Durante um seguimento médio de 8,3 anos, 229 dos 4.681 pacientes (4,9%) tinham desenvolvido diabetes tipo 24. Participantes com nível médio de força muscular tiveram um risco 32% menor de desenvolvimento de diabetes tipo 24 (hazard ratio 0,68; intervalo de confiança de 95% de 0,49-0,94; P=0,02) em comparação com aqueles com menor nível de força muscular após ajuste para potenciais fatores de confusão, incluindo aptidão cardiorrespiratória (ACR) estimada. No entanto, não foi observada associação significativa entre o nível superior de força muscular e a incidência1 de diabetes tipo 24.

Neste trabalho, concluiu-se que um nível moderado de força muscular está associado a um menor risco de diabetes2 tipo 2, independente da ACR estimada. Mais estudos sobre a relação dose-resposta entre força muscular e diabetes tipo 24 são necessários.

Leia sobre "Prevenção do Diabetes2 e complicações", "Comportamento da glicemia7", "Atividade física" e "Sedentarismo8".

 

Fonte: Mayo Clinic Proceedings, publicação online de março de 2019.

 

NEWS.MED.BR, 2019. Associação entre força muscular moderada e menor incidência de diabetes tipo 2 foi mostrada em estudo publicado pela Mayo Clinic Proceedings. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1335733/associacao-entre-forca-muscular-moderada-e-menor-incidencia-de-diabetes-tipo-2-foi-mostrada-em-estudo-publicado-pela-mayo-clinic-proceedings.htm>. Acesso em: 14 out. 2019.

Complementos

1 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
2 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
3 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
4 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
5 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
6 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
7 Glicemia: Valor de concentração da glicose do sangue. Seus valores normais oscilam entre 70 e 110 miligramas por decilitro de sangue (mg/dl).
8 Sedentarismo: Qualidade de quem ou do que é sedentário, ou de quem tem vida e/ou hábitos sedentários. Sedentário é aquele que se exercita pouco, que não se movimenta muito.
Gostou do artigo? Compartilhe!