Gostou do artigo? Compartilhe!

Ministério da Saúde lança Guia Alimentar para a População Brasileira

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Até 260 mil mortes anuais poderiam ser evitadas com uma dieta equilibrada, é o que revela o "Guia Alimentar para a População Brasileira". A publicação do Ministério da Saúde1 permite visualizar para qual direção segue a dieta da população.

O guia é subdividido em uma apresentação dos problemas causados pela utilização de uma dieta não-balanceada. São tratados temas como doenças crônicas e a questão do aleitamento materno2. Em um segundo momento, a publicação traz informações sobre como deve ser a utilização dos alimentos na dieta do brasileiro, com dicas para as famílias, para os produtores de alimentos, para os profissionais de saúde1 e para as estratégias dos gestores públicos.

Em tópicos específicos, a obra aborda o uso correto dos cereais, tubérculos e raízes, frutas, legumes e verduras, feijões e outros alimentos vegetais ricos em proteínas3, leite e derivados, carnes e ovos, gorduras, açúcares, sal e água. Em tópicos especiais, abordará a importância da atividade física para o bom funcionamento do corpo. Chama a atenção para o fato de que, em estimativa, 70% da população brasileira faz muito pouco ou quase nenhum exercício. Ainda traz importantes contribuições para avaliar os rótulos de embalagens, para diferenciar produtos light e diet e para ressaltar cuidados ao comprar os alimentos, entre outras informações.

Finalmente, o "Guia Alimentar para a População Brasileira" traz estudos e avaliações sobre a nutrição4 brasileira nos quais se verificará que as doenças crônicas no país aumentaram de 34,4% do total da população para 48,3%, entre 1979 e 2003.

Clique aqui para acessar o "Guia Alimentar para a População Brasileira".

Fonte: Ministério da Saúde1

NEWS.MED.BR, 2005. Ministério da Saúde lança Guia Alimentar para a População Brasileira. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/982/ministerio-da-saude-lanca-guia-alimentar-para-a-populacao-brasileira.htm>. Acesso em: 6 dez. 2019.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Aleitamento Materno: Compreende todas as formas do lactente receber leite humano ou materno e o movimento social para a promoção, proteção e apoio à esta cultura. Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
3 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
4 Nutrição: Incorporação de vitaminas, minerais, proteínas, lipídios, carboidratos, oligoelementos, etc. indispensáveis para o desenvolvimento e manutenção de um indivíduo normal.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Complementos

02/12/2005 - Complemento feito por Melina
Dúvida
Ao ler o Guia Alimentar percebi uma certa discordância no ANEXO C, no grupo Leite, Queijos, Iogurtes.
Uma porção de qualquer alimento deste grupo deve fornecer 120 kcal, porém as quantidades em gramas e medidas caseiras do Iogurte desnatado natural padrão e do iogurte integral natural padrão são as mesmas (200 g - 1 pote); todavia, o iogurte desnatado apresenta menor valor calórico por seu teor de gordura ser reduzido, o que levaria um aumento da quantidade a ser consumida para atingir as 120 kcal estabelecidas.
O mesmo ocorre com os outros tipos de leites citados na tabela.
Gostaria de saber se houve algum erro de digitação, ou se foram utilizadas fontes de referências diferentes.
Obrigada pela atenção.

31/10/2005 - Complemento feito por Teresa
Guia Alimentar
Considerei extremamente importante, tanto pela forma de abordar o tema quanto pelas observações correlatas. Já dei início ao processo de divulgação em meu ambiente de trabalho. através da colocação periódica em mural de segmentos mais chamativos.
Cabe a nós, profissionais da saúde, tomar conhecimento e divulgar informações tão essenciais.

  • Entrar
  • Assinar