Gostou do artigo? Compartilhe!

Empresa americana deriva linhagens de células-tronco humanas sem destruir o embrião

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Cientistas de uma empresa americana conseguiram obter células-tronco1, consideradas a chave para a cura de inúmeras doenças, sem destruir os embriões das quais elas provêm. A pesquisa foi publicada esta semana na Revista Nature.

O coordenador do estudo, Robert Lanza, da companhia ACT (Advanced Cell Technology), em Massachusetts, e colaboradores uniram duas técnicas já usadas, uma para derivar linhagens de células-tronco1 embrionárias humanas e outra para constituir uma espécie de "biópsia2" precoce, hoje recomendada para pais cujos filhos correm risco de ter doenças genéticas sérias. Pelo novo método, é feita uma "biópsia2" no estágio em que embrião, gerado por fertilização3 in vitro, tem oito células4. Uma dessas células4 é retirada e tem seu DNA analisado. As células4 restantes podem ainda ser implantadas no útero5 e dar origem a um bebê, enquanto a que foi retirada dá origem às células-tronco1 embrionárias.

Esta técnica foi usada com camundongos e apresentou sucesso. A equipe conseguiu adaptá-la para humanos, mas não há ainda a certeza de que o procedimento não interfira no desenvolvimento normal caso haja a implantação no útero5.

Caso este processo seja de fácil reprodução6 em laboratório, significará o fim da principal objeção ética contra a pesquisa com células-tronco1 embrionárias humanas: a destruição do embrião.

Fonte: Revista Nature

NEWS.MED.BR, 2006. Empresa americana deriva linhagens de células-tronco humanas sem destruir o embrião. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/1740/empresa-americana-deriva-linhagens-de-celulas-tronco-humanas-sem-destruir-o-embriao.htm>. Acesso em: 15 nov. 2019.

Complementos

1 Células-tronco: São células primárias encontradas em todos os organismos multicelulares que retêm a habilidade de se renovar por meio da divisão celular mitótica e podem se diferenciar em uma vasta gama de tipos de células especializadas.
2 Biópsia: 1. Retirada de material celular ou de um fragmento de tecido de um ser vivo para determinação de um diagnóstico. 2. Exame histológico e histoquímico. 3. Por metonímia, é o próprio material retirado para exame.
3 Fertilização: Contato entre espermatozóide e ovo, determinando sua união.
4 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
5 Útero: Orgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.
6 Reprodução: 1. Função pela qual se perpetua a espécie dos seres vivos. 2. Ato ou efeito de reproduzir (-se). 3. Imitação de quadro, fotografia, gravura, etc.
Gostou do artigo? Compartilhe!