Gostou do artigo? Compartilhe!

O desafio da adesão do paciente ao tratamento, artigo do Therapeutics and Clinical Risk Management

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Artigo publicado pelo periódico Therapeutics and Clinical Risk Management aborda a importância da adesão do paciente aos cuidados com a sua saúde1 e fala sobre alguns pontos-chave a serem considerados para maximizar a adesão ao tratamento e melhorar a relação médico-paciente.

Os cuidados de saúde1 de qualidade dependem da adesão dos pacientes aos regimes de tratamento recomendados. A não adesão do paciente pode ser uma ameaça para a saúde1 e o bem-estar e também possui um fardo econômico considerável.

Em algumas condições de doença, mais de 40% dos pacientes sustentam riscos significativos por mal entendidos, esquecendo ou ignorando os conselhos de saúde1 que recebem. Embora nenhuma estratégia de intervenção única possa melhorar a adesão de todos os pacientes, décadas de estudos de pesquisa concordam que as tentativas bem-sucedidas de melhorar a adesão do paciente dependem de um conjunto de fatores-chave.

Estes incluem avaliação realista do conhecimento dos pacientes e compreensão do regime a ser utilizado, comunicação clara e efetiva entre profissionais de saúde1 e seus pacientes e a garantia de confiança na relação terapêutica2. Os pacientes devem ter a oportunidade de contar a história de suas experiências únicas de doença.

Conhecer o paciente como pessoa permite que o profissional de saúde1 compreenda elementos cruciais para a adesão do paciente: crenças, atitudes, normas subjetivas, contexto cultural, apoio social e desafios de saúde1 emocional, particularmente a depressão, devem sempre ser levados em conta. A parceria médico-paciente é essencial ao escolher entre as várias opções terapêuticas para maximizar a adesão. A colaboração mútua favorece a maior satisfação do paciente, reduz os riscos de não adesão e melhora os resultados para a saúde1 dos pacientes.

Leia também sobre "Perigos da automedicação3", "Uso de medicamentos em crianças" e "O papel da enfermagem no tratamento de pacientes".

 

Fonte: Therapeutics and Clinical Risk Management, publicação online de setembro de 2005

 

NEWS.MED.BR, 2017. O desafio da adesão do paciente ao tratamento, artigo do Therapeutics and Clinical Risk Management. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/1303293/o-desafio-da-adesao-do-paciente-ao-tratamento-artigo-do-therapeutics-and-clinical-risk-management.htm>. Acesso em: 21 mai. 2019.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
3 Automedicação: Automedicação é a prática de tomar remédios sem a prescrição, orientação e supervisão médicas.
Gostou do artigo? Compartilhe!