Atalho: 5RC9X5O
Gostou do artigo? Compartilhe!

Bextra deverá ser recolhido do mercado

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A Anvisa recebeu nesta terça-feira, dia 12, o comunicado oficial do laboratório Pfizer sobre a suspensão da comercialização dos medicamentos Bextra oral e Bextra IM/IV.

A Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, e as agências européia e canadense de vigilância sanitária solicitaram a interrupção da venda do medicamento, baseados na ausência de dados sobre segurança cardiovascular depois de uso prolongado, relatos de ocorrência de alergias sérias e falta de comprovação de vantagens reais na utilização identificados no Bextra quando comparado a outros anti-inflamatórios.

Desde a retirada do mercado do VIOXX (rofecoxibe), em outubro de 2004, a Anvisa vem reavaliando a segurança dos demais inibidores seletivos de COX-2 (anti-inflamatórios utilizados contra dor e para tratar doenças reumáticas, entre outros usos).

Em fevereiro a Agência já havia determinado que os fabricantes desses produtos fizessem advertências e restrições de uso nas bulas dos medicamentos, tais como a proibição de utilização por menores de 18 anos e por pacientes portadores de doenças cardio-vasculares1.

Fonte: Anvisa

NEWS.MED.BR, 2005. Bextra deverá ser recolhido do mercado. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/956/bextra+devera+ser+recolhido+do+mercado.htm>. Acesso em: 14 out. 2019.

Complementos

1 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
Gostou do artigo? Compartilhe!