Atalho: 5D4TLB0
Gostou do artigo? Compartilhe!

FDA recomenda precaução na prescrição de Zypexa (olanzapina) para adolescentes devido ao maior ganho de peso e aumento dos níveis de colesterol

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O Food and Drug Administration (FDA) recomenda cautela para os profissionais de saúde1 que consideram o uso de Zyprexa (olanzapina) para o tratamento de esquizofrenia2 e transtorno bipolar do humor em adolescentes de 13 a 17 anos de idade.

Os médicos, pacientes e outros profissionais de saúde1 devem estar cientes de que os adolescentes apresentam maior ganho de peso e hiperlipidemia3 quando em uso de Zyprexa. De fato, estes efeitos são mais evidentes nesta faixa etária do que na idade adulta. Eles podem ganhar mais peso, ter os níveis de colesterol4 total, LDL colesterol5, triglicérides6, prolactina7 e transaminases hepáticas8 mais elevados no sangue9 e apresentar maior sedação10 do que os adultos.

Os médicos devem levar em consideração estes efeitos quando decidirem prescrever tal medicação para este grupo etário e tentar outros medicamentos previamente.

Nos casos em que o Zyprexa (olanzapina) for prescrito para adolescentes, ele deve fazer parte de um tratamento que inclua outros componentes psicológicos, educacionais e sociais. É também importante observar que esta medicação não está aprovada para pacientes11 com idades inferiores a 13 anos.


Fonte: Food and Drug Administration

NEWS.MED.BR, 2010. FDA recomenda precaução na prescrição de Zypexa (olanzapina) para adolescentes devido ao maior ganho de peso e aumento dos níveis de colesterol. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/57759/fda-recomenda-precaucao-na-prescricao-de-zypexa-olanzapina-para-adolescentes-devido-ao-maior-ganho-de-peso-e-aumento-dos-niveis-de-colesterol.htm>. Acesso em: 16 dez. 2019.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Esquizofrenia: Doença mental do grupo das Psicoses, caracterizada por alterações emocionais, de conduta e intelectuais, caracterizadas por uma relação pobre com o meio social, desorganização do pensamento, alucinações auditivas, etc.
3 Hiperlipidemia: Condição em que os níveis de gorduras e colesterol estão mais altos que o normal.
4 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
5 LDL colesterol: Do inglês low-density lipoprotein cholesterol, colesterol de baixa densidade ou colesterol ruim.
6 Triglicérides: A principal maneira de armazenar os lipídeos no tecido adiposo é sob a forma de triglicérides. São também os tipos de lipídeos mais abundantes na alimentação. Podem ser definidos como compostos formados pela união de três ácidos graxos com glicerol. Os triglicérides sólidos em temperatura ambiente são conhecidos como gorduras, enquanto os líquidos são os óleos. As gorduras geralmente possuem uma alta proporção de ácidos graxos saturados de cadeia longa, já os óleos normalmente contêm mais ácidos graxos insaturados de cadeia curta.
7 Prolactina: Hormônio secretado pela adeno-hipófise. Estimula a produção de leite pelas glândulas mamárias. O aumento de produção da prolactina provoca a hiperprolactinemia, podendo causar alteração menstrual e infertilidade nas mulheres. No homem, gera impotência sexual (por prejudicar a produção de testosterona) e ginecomastia (aumento das mamas).
8 Hepáticas: Relativas a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
9 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
10 Sedação: 1. Ato ou efeito de sedar. 2. Aplicação de sedativo visando aliviar sensação física, por exemplo, de dor. 3. Diminuição de irritabilidade, de nervosismo, como efeito de sedativo. 4. Moderação de hiperatividade orgânica.
11 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
Gostou do artigo? Compartilhe!