Atalho: 5CS3DHA
Gostou do artigo? Compartilhe!

FDA: aprovada nova indicação do Crestor (rosuvastatina cálcica)

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O U.S. Food and Drug Administration (FDA) aprovou o uso de Crestor (rosuvastatina), medicação usada para reduzir o colesterol1, para alguns pacientes com risco aumentado para doenças cardíacas, mas que ainda não foram diagnosticados com estas patologias.

Os objetivos são reduzir a possibilidade de ocorrência de um infarto do miocárdio2 ou de um acidente vascular cerebral3 (derrame4) e diminuir a necessidade de intervenções para desbloquear vasos obstruídos pelo depósito de gordura5 em indivíduos que não têm doenças cardíacas, mas que apresentam risco aumento para tais eventos.

Segundo o FDA, o Crestor (rosuvastatina) é especificamente indicado para homens com 50 anos ou mais e mulheres com 60 anos ou mais que têm PCR6 ultra-sensível aumentada no sangue7 e pelo menos um dos fatores de risco cardiovasculares associado como tabagismo, hipertensão arterial8, história familiar de doença cardíaca prematura ou HDL colesterol9 baixo.

Esta aprovação foi baseada nos resultados do estudo JUPITER, o qual comparou 8901 pacientes recebendo Crestor por dois anos a um número semelhante de pessoas recebendo placebo10. Os pacientes recebendo Crestor apresentaram poucos eventos cardíacos incluindo infarto11 e derrame4, e fizeram menos procedimentos como angioplastia12 coronariana ou bypass cirúrgico em artéria13 coronária para tratar ou revascularizar suas artérias14.

O Crestor já é aprovado para, juntamente com dieta e exercícios físicos, reduzir o LDL colesterol15 e os triglicérides16 em pacientes com níveis altos destas substâncias no sangue7 e para diminuir a progressão da aterosclerose17.

 

Fonte: FDA

NEWS.MED.BR, 2010. FDA: aprovada nova indicação do Crestor (rosuvastatina cálcica). Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/57499/fda-aprovada-nova-indicacao-do-crestor-rosuvastatina-calcica.htm>. Acesso em: 23 abr. 2021.

Complementos

1 Colesterol: Tipo de gordura produzida pelo fígado e encontrada no sangue, músculos, fígado e outros tecidos. O colesterol é usado pelo corpo para a produção de hormônios esteróides (testosterona, estrógeno, cortisol e progesterona). O excesso de colesterol pode causar depósito de gordura nos vasos sangüíneos. Seus componentes são: HDL-Colesterol: tem efeito protetor para as artérias, é considerado o bom colesterol. LDL-Colesterol: relacionado às doenças cardiovasculares, é o mau colesterol. VLDL-Colesterol: representa os triglicérides (um quinto destes).
2 Infarto do miocárdio: Interrupção do suprimento sangüíneo para o coração por estreitamento dos vasos ou bloqueio do fluxo. Também conhecido por ataque cardíaco.
3 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
4 Derrame: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
5 Gordura: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Os alimentos que fornecem gordura são: manteiga, margarina, óleos, nozes, carnes vermelhas, peixes, frango e alguns derivados do leite. O excesso de calorias é estocado no organismo na forma de gordura, fornecendo uma reserva de energia ao organismo.
6 PCR: Reação em cadeia da polimerase (em inglês Polymerase Chain Reaction - PCR) é um método de amplificação de DNA (ácido desoxirribonucleico).
7 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
8 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
9 HDL colesterol: Do inglês high-density-lipoprotein cholesterol, ou colesterol de alta densidade. Também chamado de bom colesterol.
10 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
11 Infarto: Morte de um tecido por irrigação sangüínea insuficiente. O exemplo mais conhecido é o infarto do miocárdio, no qual se produz a obstrução das artérias coronárias com conseqüente lesão irreversível do músculo cardíaco.
12 Angioplastia: Método invasivo mediante o qual se produz a dilatação dos vasos sangüíneos arteriais afetados por um processo aterosclerótico ou trombótico.
13 Artéria: Vaso sangüíneo de grande calibre que leva sangue oxigenado do coração a todas as partes do corpo.
14 Artérias: Os vasos que transportam sangue para fora do coração.
15 LDL colesterol: Do inglês low-density lipoprotein cholesterol, colesterol de baixa densidade ou colesterol ruim.
16 Triglicérides: A principal maneira de armazenar os lipídeos no tecido adiposo é sob a forma de triglicérides. São também os tipos de lipídeos mais abundantes na alimentação. Podem ser definidos como compostos formados pela união de três ácidos graxos com glicerol. Os triglicérides sólidos em temperatura ambiente são conhecidos como gorduras, enquanto os líquidos são os óleos. As gorduras geralmente possuem uma alta proporção de ácidos graxos saturados de cadeia longa, já os óleos normalmente contêm mais ácidos graxos insaturados de cadeia curta.
17 Aterosclerose: Tipo de arteriosclerose caracterizado pela formação de placas de ateroma sobre a parede das artérias.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Complementos

24/03/2011 - Complemento feito por Luiz
Iniciada venda do GENÉRICO do Crestor (rosuvastatina cálcica)
http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultimas-noticias/estado/2011/03/17/generico-de-medicamento-para-colesterol-chega-as-farmacias.jhtm

08/04/2010 - Complemento feito por STELLA
Re: FDA: aprovada nova indicação do Crestor (rosuvastatina cálcica)
Com este medicamento consegui ,depois de varias tentativas e varios outros medicamentos , baixar minhas elevadas taxas de colesterol e trigliceredes, continuo tomando acho que comecei a uns 6 meses atras !!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Entrar
  • Receber conteúdos