Gostou do artigo? Compartilhe!

Lançamentos do mercado farmacêutico. Clique e confira.

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Genteal Gel da Novartis

Genteal Gel possui em sua formulação a hipromelose e o carbômer que promovem lubrificação prolongada e aliviam os sintomas1 do olho2 seco. Indicado para tratamento das irritações oculares, é a primeira lágrima artificial em gel do mercado brasileiro que possui conservante virtual. Isso significa que a substância usada para evitar a contaminação do colírio3 depois de aberto desaparece completamente ao entrar em contato com a superfície ocular, sendo transformada em água e oxigênio. Essa característica torna o produto adequado para uso por período prolongado, reduzindo o risco de lesões4 provocadas pelos conservantes. Outro diferencial de Genteal Gel é o duplo sistema de ação: enquanto a hipromelose promove lubrificação prolongada, o carbômer estabiliza o filme lacrimal. Além disso, permanece por mais tempo na superfície ocular, exigindo menor freqüência de aplicações. É encontrado em bisnagas de 10 gramas.

Reminyl ER, com nova dosagem, da Janssen Cilag

Indicado para o tratamento da Doença de Alzheimer5 nas fases leve e moderada, Reminyl® ER (galantamina) é administrado em uma dose única diária, com ação prolongada, e é encontrado nas dosagens de 8 mg, 16 mg e 24 mg.

A linha ER substitui o medicamento Reminyl anterior de duas tomadas diárias. Assim é possível ampliar a adesão ao tratamento, facilitar e dar conforto para o doente, além de promover benefícios nos sintomas1 de cognição6, comportamento e nas atividades da vida diária.

Dryltac, potente antiinflamatório da Legrand

O Dryltac, cujo princípio ativo é o diclofenaco de colestiramina, um antiinflamatório não-esteróide com propriedades anti-reumáticas, analgésicas, antiinflamatórias e antipiréticas, acaba de ser apresentado ao mercado médico e farmacêutico pelo Legrand.

Esta nova formulação garante rápida liberação do diclofenaco do complexo diclofenaco-colestiramina, tratando com eficácia as inflamações7 e aliviando a dor.

Dryltac é indicado como adjuvante no tratamento de infecções8 graves acompanhadas de dor, de inflamações7 pós-traumáticas ou pós-operatórias e também mostrou-se eficaz no alívio das cólicas9 menstruais, no tratamento de artrite10 aguda (incluindo crises de gota11), reumatismo12 de partes moles e inflamações7 articulares crônicas, em especial artrite reumatóide13 (poliartrite crônica).

O laboratório Legrand também apresentou outras indicações do medicamento: estados de irritação nos casos de doenças degenerativas14 articulares e da coluna vertebral15, bem como de dores causadas por tumores, especialmente em casos de acometimento dos ossos.

Paxan, para tratamento da depressão, da Biosintética

Uma nova opção de inibidor seletivo da recaptação de serotonina (ISRCS) já está disponível em farmácias e drogarias: Paxan®, indicado para tratar a depressão acompanhada por transtornos de ansiedade.

O novo medicamento, desenvolvido pela Biosintética (uma empresa do Grupo Aché), tem como princípio ativo o
cloridrato de paroxetina, substância consagrada há mais de 10 anos no tratamento dos quadros de depressão, transtornos do pânico, transtorno obsessivo compulsivo (TOC), doença do pânico e fobia16 social.

Com potente atividade antidepressiva e ansiolítica, o medicamento reduz significativamente a fobia16 e os distúrbios de adaptação social, aumentando a interação e o relacionamento social.
Paxan® apresenta índices significativos de melhora sintomática17 em pacientes com depressão e ansiedade, e não possui características sedativas, melhorando a insônia e as ansiedades iniciais.

Para uso oral, o medicamento tem a apresentação de 20mg em caixas de 20 ou 30 comprimidos.

NEWS.MED.BR, 2006. Lançamentos do mercado farmacêutico. Clique e confira.. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/1897/lancamentos-do-mercado-farmaceutico-clique-e-confira.htm>. Acesso em: 10 dez. 2019.

Complementos

1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Olho: s. m. (fr. oeil; ing. eye). Órgão da visão, constituído pelo globo ocular (V. este termo) e pelos diversos meios que este encerra. Está situado na órbita e ligado ao cérebro pelo nervo óptico. V. ocular, oftalm-. Sinônimos: Olhos
3 Colírio: Preparação farmacológica líquida na qual se encontram dissolvidas diferentes drogas que atuam na conjuntiva ocular.
4 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
5 Doença de Alzheimer: É uma doença progressiva, de causa e tratamentos ainda desconhecidos que acomete preferencialmente as pessoas idosas. É uma forma de demência. No início há pequenos esquecimentos, vistos pelos familiares como parte do processo normal de envelhecimento, que se vão agravando gradualmente. Os pacientes tornam-se confusos e por vezes agressivos, passando a apresentar alterações da personalidade, com distúrbios de conduta e acabam por não reconhecer os próprios familiares e até a si mesmos quando colocados frente a um espelho. Tornam-se cada vez mais dependentes de terceiros, iniciam-se as dificuldades de locomoção, a comunicação inviabiliza-se e passam a necessitar de cuidados e supervisão integral, até mesmo para as atividades elementares como alimentação, higiene, vestuário, etc..
6 Cognição: É o conjunto dos processos mentais usados no pensamento, percepção, classificação, reconhecimento e compreensão para o julgamento através do raciocínio para o aprendizado de determinados sistemas e soluções de problemas.
7 Inflamações: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc. Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
8 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
9 Cólicas: Dor aguda, produzida pela dilatação ou contração de uma víscera oca (intestino, vesícula biliar, ureter, etc.). Pode ser de início súbito, com exacerbações e períodos de melhora parcial ou total, nos quais o paciente pode estar sentindo-se bem ou apresentar dor leve.
10 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
11 Gota: 1. Distúrbio metabólico produzido pelo aumento na concentração de ácido úrico no sangue. Manifesta-se pela formação de cálculos renais, inflamação articular e depósito de cristais de ácido úrico no tecido celular subcutâneo. A inflamação articular é muito dolorosa e ataca em crises. 2. Pingo de qualquer líquido.
12 Reumatismo: Termo que é utilizado em geral para se referir ao conjunto de doenças inflamatórias e degenerativas que afetam as articulações e estruturas vizinhas.
13 Artrite reumatóide: Doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada por poliartrite periférica, simétrica, que leva à deformidade e à destruição das articulações por erosão do osso e cartilagem. Afeta mulheres duas vezes mais do que os homens e sua incidência aumenta com a idade. Em geral, acomete grandes e pequenas articulações em associação com manifestações sistêmicas como rigidez matinal, fadiga e perda de peso. Quando envolve outros órgãos, a morbidade e a gravidade da doença são maiores, podendo diminuir a expectativa de vida em cinco a dez anos.
14 Degenerativas: Relativas a ou que provocam degeneração.
15 Coluna vertebral:
16 Fobia: Medo exagerado, falta de tolerância, aversão.
17 Sintomática: 1. Relativo a ou que constitui sintoma. 2. Que é efeito de alguma doença. 3. Por extensão de sentido, é o que indica um particular estado de coisas, de espírito; revelador, significativo.
Gostou do artigo? Compartilhe!