Gostou do artigo? Compartilhe!

NEJM: creme de fluorouracil 5% parece ser o tratamento mais efetivo para a ceratose actínica

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A ceratose actínica1 é a doença cutânea2 pré-maligna mais frequente na população branca. Nas diretrizes atuais, nenhuma recomendação clara é feita sobre qual é o melhor tratamento para esta doença. Por isso, pesquisadores do Departament of Dermatology and Clinical Epidemiology and Medical Technology Assessment do Maastricht University Medical Center, e demais colaboradores de outras universidades, estudaram a eficácia dos medicamentos mais frequentemente usados na terapêutica3 desta patologia4.

Em trabalho publicado pelo The New England Journal of Medicine (NEJM), eles investigaram a eficácia de quatro tratamentos para lesões5 múltiplas de ceratose actínica1 em uma área contínua. Os pacientes com diagnóstico6 clínico de cinco ou mais lesões5 na cabeça7, envolvendo uma área contínua de 25 a 100 cm², foram inscritos, eles eram de quatro hospitais holandeses.

Os pacientes foram distribuídos aleatoriamente para tratamento com creme de fluorouracil 5%, creme de imiquimode 5%, metil terapia fotodinâmica com metil aminolevulinato (MAL-PDT) ou gel de mebutato de ingenol 0,015%. O desfecho primário foi a proporção de pacientes com uma redução de 75% ou mais no número de lesões5 de ceratose actínica1 desde o início até 12 meses após o término do tratamento. Tanto uma análise de intenção de tratar modificada quanto uma análise por protocolo foram realizadas.

Um total de 624 pacientes foram incluídos de novembro 2014 a março de 2017. Em 12 meses após o final do tratamento, a probabilidade cumulativa de permanecer livre de falha do tratamento foi significativamente maior entre os pacientes que receberam fluorouracil (74,7%; intervalo de confiança de 95% [IC] 66,8-81,0) do que entre aqueles que receberam imiquimode (53,9%; IC 95% 45,4-61,6), MAL-PDT (37,7%; IC 95% 30,0-45,3) ou mebutato de ingenol (28,9%; IC 95% 21,8 a 36,3).

Quando comparado ao fluorouracil, a razão de risco para o fracasso do tratamento foi de 2,03 (IC de 95%, 1,36-3,04) com imiquimode; 2,73 (IC de 95%, 1,87-3,99) com MAL-PDT e 3,33 (IC de 95%, 2,29-4,85) com mebutato de ingenol (P≤0,001 para todas as comparações). Nenhum efeito tóxico inesperado foi documentado.

Aos 12 meses após o término do tratamento de múltiplas lesões5 de ceratose actínica1 na cabeça7, o creme de fluorouracil 5% foi o mais efetivo dos quatro medicamentos direcionados a esta patologia4.

Leia mais sobre "Ceratose", "Cuidados com a pele8", "Câncer9 de pele8 não-melanoma10" e "Melanoma10".

 

Fonte: The New England Journal of Medicine (NEJM), em 7 de março de 2019

 

NEWS.MED.BR, 2019. NEJM: creme de fluorouracil 5% parece ser o tratamento mais efetivo para a ceratose actínica. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/1335233/nejm-creme-de-fluorouracil-5-parece-ser-o-tratamento-mais-efetivo-para-a-ceratose-actinica.htm>. Acesso em: 27 mai. 2019.

Complementos

1 Actínica: Referente às radiações capazes de ativar transformações químicas em certas substâncias (por exemplo, a luz do sol ao incidir sobre o tecido humano ou vegetal).
2 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
3 Terapêutica: Terapia, tratamento de doentes.
4 Patologia: 1. Especialidade médica que estuda as doenças e as alterações que estas provocam no organismo. 2. Qualquer desvio anatômico e/ou fisiológico, em relação à normalidade, que constitua uma doença ou caracterize determinada doença. 3. Por extensão de sentido, é o desvio em relação ao que é próprio ou adequado ou em relação ao que é considerado como o estado normal de uma coisa inanimada ou imaterial.
5 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
6 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
7 Cabeça:
8 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
9 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
10 Melanoma: Neoplasia maligna que deriva dos melanócitos (as células responsáveis pela produção do principal pigmento cutâneo). Mais freqüente em pessoas de pele clara e exposta ao sol.Podem derivar de manchas prévias que mudam de cor ou sangram por traumatismos mínimos, ou instalar-se em pele previamente sã.
Gostou do artigo? Compartilhe!