Gostou do artigo? Compartilhe!

Anvisa aprova Exjade, único medicamento oral de administração uma vez ao dia capaz de eliminar o acúmulo de ferro do organismo em pacientes que recebem transfusões sangüíneas constantes

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

O Exjade® (deferasirox), recentemente aprovado pela Anvisa, é o primeiro e único medicamento oral de administração uma vez ao dia capaz de eliminar o acúmulo de ferro do organismo em pacientes que recebem transfusões sangüíneas constantes, por exemplo os portadores de talassemia1anemia falciforme2 e síndromes mielodisplásicas.

O tratamento atual da sobrecarga de ferro consiste em infusões subcutâneas de Desferal, administrado por meio de um aparelho acoplado ao corpo do paciente, cerca de 8 a 12 horas, de cinco a sete vezes por semana. De acordo com especialistas, esta é uma das dificuldades para a adesão do paciente ao tratamento. O Exjade, da Novartis, representa uma revolução no tratamento da sobrecarga de ferro uma vez que é um comprimido dissolvido em água, suco de laranja ou suco de maçã.

Estima-se que a chegada de um tratamento em forma de comprimido aumentará o acesso ao tratamento, com a redução dos custos - descartando o uso de bombinha injetora e seringas.

A maioria dos portadores dessas doenças sangüíneas são crianças que só chegam à fase adulta quando devidamente tratadas. O tratamento disponível até hoje tem um grande impacto emocional tanto para pacientes3 quanto para cuidadores.

Calcula-se que, no mundo todo, 15 milhões de pessoas tenham talassemia1, 200 milhões tenham o gene da enfermidade, 250 mil crianças nasçam com anemia falciforme2 e que 500 novos casos de anemia aplásica4 surjam anualmente somente nos EUA.

Os pacientes com anemias crônicas necessitam de constantes transfusões de sangue5, pois o organismo não consegue produzir quantidades suficientes de hemoglobina6, um importante componente do sangue5, que transporta o oxigênio para as células7. Como o ferro liga-se à hemoglobina6, em cada transfusão8 de sangue5 o paciente também recebe ferro.

Conseqüentemente, as inúmeras transfusões acarretam um acúmulo do elemento no organismo. Quando esse nível fica alto demais, pode tornar-se tóxico. Esse quadro oferece risco à vida do paciente. Quando não é diagnosticado ou tratado, o excesso de ferro no organismo pode causar danos ao fígado9, coração10 e glândulas endócrinas11, podendo levar o paciente à morte.

Fonte: Diário Oficial da União (pdf)
           Novartis

NEWS.MED.BR, 2006. Anvisa aprova Exjade, único medicamento oral de administração uma vez ao dia capaz de eliminar o acúmulo de ferro do organismo em pacientes que recebem transfusões sangüíneas constantes. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/1224/anvisa-aprova-exjade-unico-medicamento-oral-de-administracao-uma-vez-ao-dia-capaz-de-eliminar-o-acumulo-de-ferro-do-organismo-em-pacientes-que-recebem-transfusoes-sanguineas-constantes.htm>. Acesso em: 17 set. 2019.

Complementos

1 Talassemia: Anemia mediterrânea ou talassemia. Tipo de anemia hereditária, de transmissão recessiva, causada pela redução ou ausência da síntese da cadeia de hemoglobina, uma proteína situada no interior do glóbulos vermelhos e que tem a função de transportar o oxigênio. É classificada dentro das hemoglobinopatias. Afeta principalmente populações da Itália e da Grécia (e seus descendentes), banhadas pelo Mar Mediterrâneo.
2 Anemia falciforme: Doença hereditária que causa a má formação das hemácias, que assumem forma semelhante a foices (de onde vem o nome da doença), com maior ou menor severidade de acordo com o caso, o que causa deficiência do transporte de gases nos indivíduos que possuem a doença. É comum na África, na Europa Mediterrânea, no Oriente Médio e em certas regiões da Índia.
3 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
4 Anemia Aplásica: A medula óssea não produz um número adequado de elementos do sangue periférico.
5 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
6 Hemoglobina: Proteína encarregada de transportar o oxigênio desde os pulmões até os tecidos do corpo. Encontra-se em altas concentrações nos glóbulos vermelhos.
7 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
8 Transfusão: Introdução na corrente sangüínea de sangue ou algum de seus componentes. Podem ser transfundidos separadamente glóbulos vermelhos, plaquetas, plasma, fatores de coagulação, etc.
9 Fígado: Órgão que transforma alimento em energia, remove álcool e toxinas do sangue e fabrica bile. A bile, produzida pelo fígado, é importante na digestão, especialmente das gorduras. Após secretada pelas células hepáticas ela é recolhida por canalículos progressivamente maiores que a levam para dois canais que se juntam na saída do fígado e a conduzem intermitentemente até o duodeno, que é a primeira porção do intestino delgado. Com esse canal biliar comum, chamado ducto hepático, comunica-se a vesícula biliar através de um canal sinuoso, chamado ducto cístico. Quando recebe esse canal de drenagem da vesícula biliar, o canal hepático comum muda de nome para colédoco. Este, ao entrar na parede do duodeno, tem um músculo circular, designado esfíncter de Oddi, que controla o seu esvaziamento para o intestino.
10 Coração: Órgão muscular oco localizado no tórax, sob o osso esterno, ligeiramente deslocado para a esquerda. Em um adulto, tem o tamanho aproximado de um punho fechado e pesa cerca de 400 gramas. O papel do coração é enviar sangue rico em oxigênio a todas as células do nosso organismo.
11 Glândulas endócrinas: Grupo de células especializadas em liberar hormônios na corrente sangüínea. Por exemplo, as células das ilhotas pancreáticas que secretam insulina são glândulas endócrinas.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Complementos

19/07/2009 - Complemento feito por Eduardo
Re: Anvisa aprova Exjade, único medicamento oral de administração uma vez ao dia capaz de eliminar o acúmulo de ferro do organismo em pacientes que recebem transfusões sangüíneas constantes
O Sus, por meio da Secretaria de Saude de São Paulo ja esta distribuindo o EXJADE gratuitamente, desde que preenchidos os requisitos: Receita médica, preenchimento do formulario distribuido na propria secretaria na Rua Conselheiro Crispiniano, 20 - Centro de SP/SP. Leva em media 15 dias para receber o comunicado para retirar o medicamento.
Necessitei do mesmo e recebi gratuitamente.

01/07/2009 - Complemento feito por Evelin
Re: Anvisa aprova Exjade, único medicamento oral de administração uma vez ao dia capaz de eliminar o acúmulo de ferro do organismo em pacientes que recebem transfusões sangüíneas constantes
Gostaria de dizer que fiquei muito feliz com essa possibilidade de tratamento. Porém meu filho nao tem talassemia e sim hemocromatose(17 anos), uma doença genética que causa o acumulo de ferro no organismo. Por tanto, a necessidade de um quelante também existe. Ele já fez várias "sangrias", mas um quelante de mais fácil administração seria perfeito! Torcemos para que o Governo nos conseda esta medicação, pois ainda é muito cara e inviável a aquisição por nossos meios...Estamos solicitando juntamente com a sua Hematologista! Abraço

22/04/2006 - Complemento feito por olivio
Re: Anvisa aprova Exjade, único medicamento oral de administração uma vez ao dia capaz de eliminar o acúmulo de ferro do organismo em pacientes que recebem transfusões sangüíneas constantes
a secretaria da saude ja deveria estar distribuindo o exjade no lugar do desferal para pacientes que ja estao traumatizados com os nodulos deixados pela aplicação nas pernas e barriga do desferal

20/03/2006 - Complemento feito por klleber
Re: Anvisa aprova Exjade, único medicamento oral de administração uma vez ao dia capaz de eliminar o acúmulo de ferro do organismo em pacientes que recebem transfusões sangüíneas constantes
otima noticia para a secretaria estadual e para os pacientes de SME que poderão contar com um medicamento mais facil de ser administrado e facilita tb a adesao ao tratamento pelo paciente.
faco uma sugestão que mandem uma nota tecnica deste medicamento para os responsaveis pelo setor de aquisicao de medicamentos destes orgaos publicos.
um abraço!!!

  • Entrar
  • Assinar