Atalho: 5UKNEBB
Gostou do artigo? Compartilhe!

The Lancet: gráficos com as variações das frequências cardíaca e respiratória em crianças, do nascimento aos 18 anos, precisam ser revisados

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Embora as frequências cardíaca e respiratória em crianças sejam medidas rotineiramente, os intervalos de referência atuais não são baseados em evidência. O objetivo do estudo publicado pelo The Lancet foi obter novos gráficos de percentis para estes sinais vitais1 e compará-los com os atuais gráficos de protocolos médicos de referência internacional.

Um estudo de revisão com dados pesquisados ​​no Medline, EMBASE, CINAHL e listas de referência para estudos que relataram a freqüência cardíaca ou respiratória de crianças saudáveis ​​entre o nascimento e os 18 anos de idade foi realizado. Utilizou-se a regressão de Kernel para criar gráficos de percentil para a freqüência cardíaca e para a freqüência respiratória em relação à idade. Foram comparados os valores de referência existentes com os derivados da avaliação feita neste estudo.

Foram identificados 69 estudos com dados de freqüência cardíaca para 143.346 crianças e os dados da freqüência respiratória para 3.881 crianças. Os novos gráficos mostraram uma redução da freqüência respiratória do nascimento até a adolescência, com a maior queda aparente em menores de 2 anos de idade, passando de uma média de 44 respirações por minuto ao nascer para 26 respirações por minuto aos dois anos. A freqüência cardíaca apresentou um pequeno pico no primeiro mês de vida. A freqüência cardíaca média aumentou de 127 batimentos por minuto ao nascimento para um máximo de 145 batimentos por minuto com um mês de vida, antes de diminuir para 113 batimentos por minuto aos dois anos de idade.

A comparação dos gráficos obtidos nesta revisão com os atuais valores de referência mostrou diferenças importantes e indicou a necessidade de atualização das diretrizes clínicas e de reanimação para melhorar o acompanhamento destes pacientes.

Fonte: The Lancet

 

NEWS.MED.BR, 2011. The Lancet: gráficos com as variações das frequências cardíaca e respiratória em crianças, do nascimento aos 18 anos, precisam ser revisados. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/175412/the-lancet-graficos-com-as-variacoes-das-frequencias-cardiaca-e-respiratoria-em-criancas-do-nascimento-aos-18-anos-precisam-ser-revisados.htm>. Acesso em: 22 out. 2020.

Complementos

1 Sinais vitais: Conjunto de variáveis fisiológicas que são pressão arterial, freqüência cardíaca, freqüência respiratória e temperatura corporal.
Gostou do artigo? Compartilhe!