news.med.br  -  Opinião
Opinião - 14/07/20
A pandemia1 da doença do coronavírus 2019 (COVID-19) levou a esforços de pesquisa em todo o mundo para identificar pessoas com maior risco de desenvolver a forma crítica da doença e morrer. Um número crescente de relatórios vincula a obesidade2 a doença mais grave e morte por COVID-19.
1 Pandemia: É uma epidemia de doença infecciosa que se espalha por um ou mais continentes ou por todo o mundo, causando inúmeras mortes. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a pandemia pode se iniciar com o aparecimento de uma nova doença na população, quando o agente infecta os humanos, causando doença séria ou quando o agente dissemina facilmente e sustentavelmente entre humanos. Epidemia global.
2 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
   [Mais...]

Opinião - 02/07/20
Em publicação no periódico mBio, Paul L. Fidel Jr. e Mairi C. Noverr propõem o conceito de que a administração de uma vacina1 viva atenuada não relacionada, como a MMR (sarampo2, caxumba3, rubéola4), poderia servir como uma medida preventiva contra as piores sequelas5 da COVID-19.
1 Vacina: Tratamento à base de bactérias, vírus vivos atenuados ou seus produtos celulares, que têm o objetivo de produzir uma imunização ativa no organismo para uma determinada infecção.
2 Sarampo: Doença infecciosa imunoprevenível, altamente transmissível por via respiratória, causada pelo vírus do sarampo e de imunidade permanente. Geralmente ocorre na infância, mas pode afetar adultos susceptíveis (não imunes). As manifestações clínicas são febre alta, tosse seca persistente, coriza, conjuntivite, aumento dos linfonodos do pescoço e manchas avermelhadas na pele. Em cerca de 30% das pessoas com sarampo podem ocorrer complicações como diarréia, otite, pneumonia e encefalite.
3 Caxumba: Também conhecida como parotidite. É uma doença infecciosa imunoprevenível de transmissão respiratória. Causada pelo vírus da caxumba, resulta em manifestações discretas ou é assintomática. Quando ocorrem, as manifestações clínicas mais comuns são febre baixa, dor no corpo, perda de apetite, fadiga e dor de cabeça. Cerca de 30 a 40% dos indivíduos infectados apresentam dor e aumento uni ou bilateral das glândulas salivares (mais comumente, das parótidas). Geralmente tem evolução benigna, é mais comum em crianças e resulta em imunidade permanente. Em alguns casos pode complicar causando meningite, encefalite, surdez, orquite, ooferite, miocardite ou pancreatite.
4 Rubéola: Doença infecciosa imunoprevenível de transmissão respiratória. Causada pelo vírus da rubéola. Resulta em manifestações discretas ou é assintomática. Quando ocorrem, as manifestações clínicas mais comuns são febre baixa, aumento dos gânglios do pescoço, manchas avermelhadas na pele, 70% das mulheres apresentam artralgia e artrite. Geralmente tem evolução benigna, é mais comum em crianças e resulta em imunidade permanente. Durante a gravidez, a infecção pelo vírus da rubéola pode resultar em aborto, parto prematuro e mal-formações congênitas.
5 Sequelas: 1. Na medicina, é a anomalia consequente a uma moléstia, da qual deriva direta ou indiretamente. 2. Ato ou efeito de seguir. 3. Grupo de pessoas que seguem o interesse de alguém; bando. 4. Efeito de uma causa; consequência, resultado. 5. Ato ou efeito de dar seguimento a algo que foi iniciado; sequência, continuação. 6. Sequência ou cadeia de fatos, coisas, objetos; série, sucessão. 7. Possibilidade de acompanhar a coisa onerada nas mãos de qualquer detentor e exercer sobre ela as prerrogativas de seu direito.
   [Mais...]

Opinião - 05/12/19
Em análise publicada pelo The British Medical Journal, uma equipe global de pesquisadores influentes, clínicos, reguladores e defensores dos cidadãos sugere como podemos começar a construir uma base de evidências para a saúde1, livre de influências comerciais.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Opinião - 26/06/09
Neste primeiro artigo do canal de opinião do news.med.br, Renato Françoso Filho, Diretor de Comunicação da Associação Paulista de Medicina, fala sobre a precarização do trabalho médico.   [Mais...]
Opinião - 26/06/09
Estamos inaugurando hoje um espaço de opinião destinado ao médico brasileiro. Neste primeiro artigo do Canal Opinião trouxemos um texto do Dr. Renato Françoso, que conhecemos pela atuação na Associação Paulista de Medicina e também por ser um usuário do HiDoctor1. Estamos abertos à publicação de outros artigos. Em breve facilitaremos ainda mais a recepção deste conteúdo.
1 HiDoctor: Software para consultórios médicos inteligentes desenvolvido pela Centralx para auxiliar as atividades do consultório e apoiar os pacientes através de recursos exclusivos de comunicação.
   [Mais...]



Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Assinar