Atalho: 55ZLBFN
Gostou do artigo? Compartilhe!

Novo medicamento para lúpus mostra resultados promissores na fase 3 de triagem clínica

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Os laboratórios farmacêuticos Human Genome Sciences e GlaxoSmithKline apresentaram dados promissores da fase 3 de triagens clínicas de um novo medicamento para lúpus1 eritematoso2 sistêmico3, o Benlysta (belimumab), formalmente conhecido como LymphoStat-B.

Os pacientes do estudo tiveram melhorias clínicas significativamente estatísticas em resposta ao uso do Benlysta associado ao tratamento padrão, comparados ao uso de placebo4 associado ao tratamento padrão (57,6% para 10 mg/kg de Belynsta, 51,7% para 1 mg/kg de Belynsta e 43,6% para o placebo4). O tempo de seguimento dos pacientes foi de 52 semanas, ao longo do qual mostraram queda dos anticorpos5 típicos do lúpus1 e dos sinais6 de atividade da doença, além de boa tolerabilidade ao medicamento.

O belimumab é o primeiro de uma nova classe de medicamentos chamada inibidores específicos de BlyS, está sendo desenvolvido especificamente para o lúpus1 e alcançou a fase 3 de triagens clínicas mostrando resultados satisfatórios. Nenhuma outra droga foi aprovada pelas autoridades reguladoras para o tratamento do lúpus1 nos últimos 50 anos.

A previsão é que o medicamento seja aprovado nos EUA, Europa e outras regiões no primeiro semestre de 2010.

Fonte: PharmaTimes

NEWS.MED.BR, 2009. Novo medicamento para lúpus mostra resultados promissores na fase 3 de triagem clínica. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/novos-medicamentos/37628/novo-medicamento-para-lupus-mostra-resultados-promissores-na-fase-3-de-triagem-clinica.htm>. Acesso em: 14 dez. 2019.

Complementos

1 Lúpus: 1. É uma inflamação crônica da pele, caracterizada por ulcerações ou manchas, conforme o tipo específico. 2. Doença autoimune rara, mais frequente nas mulheres, provocada por um desequilíbrio do sistema imunológico. Nesta patologia, a defesa imunológica do indivíduo se vira contra os tecidos do próprio organismo como pele, articulações, fígado, coração, pulmão, rins e cérebro. Essas múltiplas formas de manifestação clínica, às vezes, podem confundir e retardar o diagnóstico. Lúpus exige tratamento cuidadoso por médicos especializados no assunto.
2 Eritematoso: Relativo a ou próprio de eritema. Que apresenta eritema. Eritema é uma vermelhidão da pele, devido à vasodilatação dos capilares cutâneos.
3 Sistêmico: 1. Relativo a sistema ou a sistemática. 2. Relativo à visão conspectiva, estrutural de um sistema; que se refere ou segue um sistema em seu conjunto. 3. Disposto de modo ordenado, metódico, coerente. 4. Em medicina, é o que envolve o organismo como um todo ou em grande parte.
4 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
5 Anticorpos: Proteínas produzidas pelo organismo para se proteger de substâncias estranhas como bactérias ou vírus. As pessoas que têm diabetes tipo 1 produzem anticorpos que destroem as células beta produtoras de insulina do próprio organismo.
6 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
Gostou do artigo? Compartilhe!