Gostou do artigo? Compartilhe!

Pediatrics: aleitamento materno exclusivo diminui risco de má oclusão dentária

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Os efeitos distintos do aleitamento materno1 exclusivo e predominante nas más oclusões da dentição2 decídua ainda não são claros. A hipótese do estudo publicado pela revista Pediatrics é de que a amamentação exclusiva3 apresenta em efeito protetor maior contra a má oclusão do que o aleitamento materno1 predominante, e que o uso de chupeta modifica a associação entre o aleitamento materno1 e a má oclusão da dentição2 decídua.

Um estudo de saúde4 bucal em uma coorte5 de nascimentos foi realizado até a idade de cinco anos (n=1.303). O tipo de aleitamento foi registrado ao nascer e aos 3, 12 e 24 meses de idade. Mordida aberta (MA), mordida cruzada, protrusão dentária (OJ) e má oclusão moderada/grave (MO) foram avaliadas. Análises de regressão de Poisson foram realizadas controlando as características sociodemográficas e antropométricas, hábitos de sucção ao longo da vida, cárie dentária e tratamento odontológico.

O aleitamento materno1 predominante foi associado a uma menor prevalência6 de MA, OJ e MO moderada/grave, mas o uso de chupeta modifica essas associações. Os mesmos resultados foram observados entre a amamentação7 exclusiva e OJ e entre aleitamento materno1 exclusivo e mordida cruzada. A menor prevalência6 de MA foi encontrada entre as crianças expostas ao aleitamento materno1 exclusivo dos 3 aos 5,9 meses (33%) e até 6 meses (44%) de idade. Aquelas que foram amamentadas exclusivamente dos 3 aos 5,9 meses e até 6 meses de idade apresentaram prevalência6 de 41% e 72% menor de MO moderada/grave, respectivamente, do que aquelas que nunca foram amamentadas.

Os resultados deste estudo sugerem que uma abordagem promovendo a amamentação7 exclusiva ao seio8 até os 6 meses de idade para prevenir doenças e transtornos infantis, deve ser uma estratégia populacional eficaz para prevenir a má oclusão dentária.

Fonte: Pediatrics, publicação online de 15 de junho de 2015

NEWS.MED.BR, 2015. Pediatrics: aleitamento materno exclusivo diminui risco de má oclusão dentária. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/792257/pediatrics-aleitamento-materno-exclusivo-diminui-risco-de-ma-oclusao-dentaria.htm>. Acesso em: 23 jul. 2019.

Complementos

1 Aleitamento Materno: Compreende todas as formas do lactente receber leite humano ou materno e o movimento social para a promoção, proteção e apoio à esta cultura. Toda mulher após o parto tem produção de leite - lactação; mas, infelizmente nem todas amamentam.
2 Dentição: Os dentes conjuntamente na arcada dentária. Normalmente, a dentição se refere aos dentes naturais posicionados em seus alvéolos. A dentição referente aos dentes decíduos é a DENTIÇÃO PRIMÁRIA; e a referente aos dentes permanentes é a DENTIÇÃO PERMANENTE.
3 Amamentação exclusiva: Uso do leite materno, habitualmente até os 6 meses de vida como único alimento da criança, não sendo admitidos chás ou água como exceção.
4 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
5 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
6 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
7 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
8 Seio: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
Gostou do artigo? Compartilhe!