Gostou do artigo? Compartilhe!

Pediatrics: dor abdominal funcional na infância e vulnerabilidade para futuros transtornos de ansiedade

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Estudos transversais já indicaram uma ligação entre dor abdominal funcional (DAF) e ansiedade e depressão na infância, mas nenhum estudo prospectivo1 avaliou o estado psiquiátrico dessas crianças quando chegam à idade adulta ou a sua relação com a persistência da dor.

Foi realizado um estudo prospectivo1, publicado pelo periódico Pediatrics, envolvendo pacientes pediátricos com DAF (n = 332) e um grupo controle (n = 147) que foram monitorados e avaliados para transtornos psiquiátricos e distúrbios gastrointestinais funcionais (DGIFs) na adolescência e na idade adulta jovem (média de idade = 20,01 anos). Os participantes foram classificados de acordo com a presença (DGIF-POS) ou ausência (DGIF-NEG) de DGIFs no período de seguimento.

Os resultados mostraram que o risco atual e ao longo da vida para transtornos de ansiedade foi maior no grupo com DAF do que no grupo controle (risco ao longo da vida: 51% vs 20%; risco atual: 30% vs 12%, respectivamente). Controlando por sexo e idade, o odds ratio foi de 4,9 (intervalo de confiança = 2,83-7,43) para o transtorno de ansiedade ao longo da vida e 3,57 (intervalo de confiança = 2,00-6,36) para o transtorno de ansiedade atual para DAF versus controle no acompanhamento. O risco de transtorno depressivo ao longo da vida foi significativamente maior no grupo com DAF versus controle (40% vs 16%), o risco atual não diferiu. Na maioria dos casos, o aparecimento inicial de transtornos de ansiedade acontecia antes da avaliação da DAF pediátrica; o aparecimento de transtornos depressivos era posterior à avaliação da DAF. Dentro do grupo com DAF, o risco atual de transtornos de ansiedade no acompanhamento foi significativamente maior para DGIF-POS contra DGIF-NEG (40% vs 24%), e ambos foram maiores do que o grupo controle (12%), transtornos depressivos atuais não diferiram em DGIF-POS, DGIF-NEG e controles.

Nos pacientes com DAF estudados observou-se maior vulnerabilidade ao longo da vida para transtornos de ansiedade, a qual começa na infância e persiste até o final da adolescência e início da idade adulta, mesmo se a dor abdominal é resolvida.

Fonte: Pediatrics, publicação online, de 12 de agosto de 2013 

NEWS.MED.BR, 2013. Pediatrics: dor abdominal funcional na infância e vulnerabilidade para futuros transtornos de ansiedade. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/382754/pediatrics-dor-abdominal-funcional-na-infancia-e-vulnerabilidade-para-futuros-transtornos-de-ansiedade.htm>. Acesso em: 23 jul. 2019.

Complementos

1 Prospectivo: 1. Relativo ao futuro. 2. Suposto, possível; esperado. 3. Relativo à preparação e/ou à previsão do futuro quanto à economia, à tecnologia, ao plano social etc. 4. Em geologia, é relativo à prospecção.
Gostou do artigo? Compartilhe!