Atalho: 6IRB967
Gostou do artigo? Compartilhe!

Níveis modestos de atividade física estão associados a uma menor incidência de diabetes em uma população com elevada taxa de obesidade, em artigo do Diabetes Care

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Estudo publicado pelo periódico Diabetes1 Care analisou a associação da participação de baixos níveis de atividade física na incidência2 de diabetes tipo 23.

A população do estudo incluiu participantes livres de diabetes1 e de doença cardiovascular no início da pesquisa (n = 1.826). Durante 5 anos de acompanhamento, 243 casos novos de diabetes1 foram identificados. Quando comparados aos participantes que faziam menos atividades físicas por dia (<3.500 passos), aqueles que se exercitavam mais tinham menor chance de desenvolver diabetes mellitus4 tipo 2.

Concluiu-se que níveis modestos de atividade física estão associados a um menor risco de desenvolver a doença, em comparação com níveis mais baixos de exercícios físicos.

Fonte: Diabetes1 Care, de 20 de junho de 2012

NEWS.MED.BR, 2012. Níveis modestos de atividade física estão associados a uma menor incidência de diabetes em uma população com elevada taxa de obesidade, em artigo do Diabetes Care. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/306840/niveis-modestos-de-atividade-fisica-estao-associados-a-uma-menor-incidencia-de-diabetes-em-uma-populacao-com-elevada-taxa-de-obesidade-em-artigo-do-diabetes-care.htm>. Acesso em: 17 out. 2019.

Complementos

1 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
2 Incidência: Medida da freqüência em que uma doença ocorre. Número de casos novos de uma doença em um certo grupo de pessoas por um certo período de tempo.
3 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
4 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
Gostou do artigo? Compartilhe!