Gostou do artigo? Compartilhe!

JAMA Pediatrics: mensagens de texto em celulares são particularmente perigosas para jovens ao volante

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Acidentes de trânsito são uma das causas mais comuns de morte para adolescentes. Adolescentes são quatro vezes mais propensos a se envolver em um acidente de carro do que os motoristas com mais de 20 anos. Um importante fator de risco1 para acidentes de trânsito é dirigir distraído.

A distração durante a condução de veículos automotores inclui:

  • Qualquer comportamento que leve os olhos2 do motorista para fora da via (distração visual).
  • Qualquer comportamento que leve as mãos3 do condutor para fora do volante (distração manual).
  • Tudo o que leva a mente do motorista para fora da condução do veículo (distração cognitiva4).

Trabalho publicado pelo JAMA Pediatrics mostrou que uma das formas mais comuns de condução distraída para os adolescentes de hoje são os telefones celulares e descobriu que as mensagens de texto digitadas enquanto dirigem afetam negativamente a performance de condução deles. Digitar uma mensagem de texto no celular é um comportamento que tem potencial para criar distração visual, olhando para a tela para ler o texto; distração manual, usando as mãos3 para digitar o texto e distração cognitiva4 para o motorista se concentrar no conteúdo da mensagem. Neste estudo, os adolescentes que digitavam durante a condução em um simulador apresentaram alterações na velocidade, bem como na posição do veículo na via. Os pesquisadores descobriram que mensagens de texto podem triplicar o risco de conduzir o carro para fora de uma pista.

Atualmente, 77% dos motoristas falam em seus celulares durante a condução, 81% dos jovens adultos escrevem mensagens de texto enquanto dirigem e 92% dos adultos jovens leem mensagens de texto enquanto dirigem. É vinte e três vezes mais provável de um motorista se envolver em um acidente de carro ao digitar uma mensagem de texto ao celular enquanto dirige.

Certas condições dos adolescentes e situações ambientais também podem aumentar o risco de um acidente de carro, em particular se os telefones celulares estão sendo utilizados. No presente estudo, os adolescentes com transtorno de déficit de atenção erravam mais na direção em comparação com aqueles sem o transtorno. Os adolescentes que dirigiam após o uso de substâncias como o álcool e a maconha também estavam em maior risco de um acidente de carro, o que certamente era agravado se os telefones celulares estavam sendo usados durante a condução.

O que os pais podem fazer?

Ser um modelo de comportamento de condução segura para seus filhos

Os pais devem sempre usar o cinto de segurança ao dirigir e insistirem para que os passageiros também o façam. Os pais não devem usar seus próprios telefones celulares durante a condução.

Explicar as regras de condução segura e revê-las periodicamente

Especialmente quando os adolescentes são os novos motoristas, os pais devem rever as regras de condução periodicamente. Adolescentes devem ser ensinados que os telefones celulares não podem ser usados enquanto estiverem dirigindo. Você pode orientar o seu filho adolescente com dicas práticas, tais como manter o telefone em modo silencioso durante a direção de um veículo ou colocá-lo em uma mochila ou bolsa para evitar a tentação de usá-lo. Lembre seu filho que digitar mensagens de texto enquanto dirige é ilegal.

Mostrar aos adolescentes na prática que existem consequências consistentes quando as regras são quebradas

Se o seu filho usa o telefone celular durante a condução, ele precisa saber que uma regra foi quebrada. E muitas vezes, apenas uma conversa não é o suficiente. O adolescente precisa conhecer e vivenciar as consequências que o mau comportamento gerou e elas precisam ser consistentes se o comportamento acontecer novamente. Algumas famílias optam por não permitir que seus adolescentes dirijam por um determinado período de tempo para reforçar que o privilégio de dirigir está ligado a um comportamento de condução segura. Outros pais tiram o telefone celular de seus filhos por um tempo.

NEWS.MED.BR, 2013. JAMA Pediatrics: mensagens de texto em celulares são particularmente perigosas para jovens ao volante. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/504444/jama-pediatrics-mensagens-de-texto-em-celulares-sao-particularmente-perigosas-para-jovens-ao-volante.htm>. Acesso em: 14 dez. 2019.

Complementos

1 Fator de risco: Qualquer coisa que aumente a chance de uma pessoa desenvolver uma doença.
2 Olhos:
3 Mãos: Articulação entre os ossos do metacarpo e as falanges.
4 Cognitiva: 1. Relativa ao conhecimento, à cognição. 2. Relativa ao processo mental de percepção, memória, juízo e/ou raciocínio. 3. Diz-se de estados e processos relativos à identificação de um saber dedutível e à resolução de tarefas e problemas determinados. 4. Diz-se dos princípios classificatórios derivados de constatações, percepções e/ou ações que norteiam a passagem das representações simbólicas à experiência, e também da organização hierárquica e da utilização no pensamento e linguagem daqueles mesmos princípios.
Gostou do artigo? Compartilhe!