Gostou do artigo? Compartilhe!

"Desordem de jogos" ou "vício em jogar" é classificado como transtorno de saúde mental pela OMS na CID-11

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

A Classificação Internacional de Doenças (CID), da OMS, é uma referência em doenças reconhecidas e diagnosticáveis. Em sua 11ª revisão, ela descreve o vício em jogos digitais e em videogames como “um padrão de comportamento persistente ou recorrente de jogos” que se torna tão amplo que “prevalece sobre outros interesses da vida”.

Apenas uma pequena minoria de pessoas que jogam videogames e jogos digitais desenvolve este transtorno, mas o reconhecimento de sinais1 de alerta pode ajudar a evitá-lo. Para a maioria das pessoas, não podemos esquecer do caráter "educacional, terapêutico e recreativo" dos jogos.

O CID atualizado está agendado para ser apresentado aos estados membros da OMS na sua Assembleia Mundial da Saúde2 em maio de 2019, para adoção em janeiro de 2022, segundo informa a OMS em um comunicado.

Para esclarecer melhor, o comunicado da OMS aponta alguns pontos importantes descritos abaixo:

O que é "desordem de jogos"?

A desordem do jogo é definida na versão preliminar da 11ª Revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID-11) como um padrão de comportamento de jogo (“digital-gaming” ou “video-gaming”) caracterizado por falta de controle eficiente sobre jogos, aumentando a prioridade dada a jogar sobre outras atividades na medida em que o jogo tem precedência sobre outros interesses e atividades diárias, e continuação ou escalada em jogos, apesar da ocorrência de consequências negativas na vida de quem sofre de tal transtorno.

Para que o distúrbio do jogo seja diagnosticado, o padrão de comportamento deve ser de severidade suficiente para resultar em prejuízo significativo nas áreas pessoal, familiar, social, educacional, ocupacional ou outras áreas importantes de funcionamento e normalmente ser evidente por pelo menos 12 meses.

O que é a Classificação Internacional de Doenças?

A Classificação Internacional de Doenças (CID) é a base para a identificação global de tendências e estatísticas de saúde2 e o padrão internacional para relatar doenças e condições de saúde2. Ela é usada por médicos em todo o mundo para diagnosticar condições de saúde2 e por pesquisadores para categorizar essas condições.

A inclusão de um distúrbio no CID é uma consideração que os países levam em conta ao planejar estratégias de saúde2 pública e monitorar tendências de distúrbios.

A OMS lançou a 11ª revisão da Classificação Internacional de Doenças (CID-11) em meados de 2018.

Por que a desordem do jogo está incluída na CID-11?

A decisão sobre a inclusão do transtorno de jogo na CID-11 baseia-se em revisões de evidências disponíveis e reflete um consenso de especialistas de diferentes disciplinas e regiões geográficas envolvidos no processo de consultas técnicas realizadas pela OMS durante o processo de desenvolvimento da CID-11.

A inclusão da desordem do jogo na CID-11 segue o desenvolvimento de programas de tratamento para pessoas com condições de saúde2 idênticas às características do distúrbio do jogo em muitas partes do mundo e resultará na maior atenção dos profissionais de saúde2 aos riscos do desenvolvimento deste transtorno e, consequentemente, a medidas de prevenção e tratamento relevantes.

Todas as pessoas que se envolvem em jogos devem se preocupar com o desenvolvimento de desordens de jogos?

Estudos sugerem que o distúrbio do jogo afeta apenas uma pequena proporção de pessoas que se envolvem em atividades de jogos digitais ou de videogames. No entanto, as pessoas que participam desses jogos devem estar atentas à quantidade de tempo que gastam nesta atividade, especialmente quando se trata da exclusão de outras atividades diárias, bem como a quaisquer mudanças em sua saúde2 física ou psicológica e funcionamento social que poderiam ser atribuídos ao seu padrão de comportamento no jogo.

Leia também: "Bebês3 e crianças abaixo de 2 anos devem aprender brincando livremente, longe das telas" e "Médicos alertam sobre risco de lesões4 articulares causadas pelo excesso de jogo no Wii".

 

Fonte: World Health Organization (WHO), em janeiro de 2018

 

NEWS.MED.BR, 2018. "Desordem de jogos" ou "vício em jogar" é classificado como transtorno de saúde mental pela OMS na CID-11. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/1320593/quot-desordem-de-jogos-quot-ou-quot-vicio-em-jogar-quot-e-classificado-como-transtorno-de-saude-mental-pela-oms-na-cid-11.htm>. Acesso em: 15 nov. 2019.

Complementos

1 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
4 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
Gostou do artigo? Compartilhe!