Gostou do artigo? Compartilhe!

Brasil elimina transmissão da doença de Chagas pelo Triatoma infestans

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia
O ministro da Saúde1, Agenor Álvares, recebe hoje a Certificação Internacional de Eliminação da Transmissão da Doença de Chagas2 pelo Triatoma infestans, conferida pela Organização Pan-Americana de Saúde1 (Opas) ao Brasil. Primeiro país da América Latina a ter controle sobre a doença, o Brasil vira uma página ao superar um grave problema de saúde1 pública, uma vez que, até então, o Triatoma infestans, conhecido popularmente como "barbeiro", era o principal vetor de transmissão da doença no país.

A eliminação da transmissão da doença de Chagas2 pelo "barbeiro" é resultado dos investimentos que o governo brasileiro tem feito na execução das ações de controle do vetor. Somente nos últimos três anos, o Ministério da Saúde1 investiu mais de R$ 97 milhões em melhorias habitacionais (que eliminam as condições de presença do "barbeiro" dentro das casas, em áreas rurais), aquisição de insumos (inseticidas e desalojantes), pesquisas, distribuição de equipamentos e repasses financeiros para estados e municípios.

Com a regular e rigorosa triagem de doadores em bancos de sangue3, implementada desde a década de 80 e com a ampla cobertura alcançada atualmente, a transmissão transfusional é cada vez mais reduzida.

Uma evidência incontestável da interrupção da transmissão pelo Triatoma infestans foi obtida com a realização de um  novo inquérito nacional de soroprevalência, dirigido para um grupo de faixa etária entre 0 e 5 anos. Foram aproximadamente 90 mil amostras processadas, originárias de diferentes áreas, para oito delas casos confirmados. Não se pode afastar a possibilidade de que tenha havido transmissão vetorial. Mas, nesse caso, ela seria esporádica ou acidental.

A certificação não interromperá os investimentos no controle da doença, no tratamento dos portadores da forma crônica do Chagas e na rápida detecção e controle de surtos episódicos de transmissão oral (ou alimentar), como o surto associado ao consumo de caldo-de-cana ocorrido em 2005, em Santa Catarina.

Fonte: Ministério da Saúde1
NEWS.MED.BR, 2006. Brasil elimina transmissão da doença de Chagas pelo Triatoma infestans. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/1317/brasil-elimina-transmissao-da-doenca-de-chagas-pelo-triatoma-infestans.htm>. Acesso em: 15 nov. 2019.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Doença de Chagas: Doença parasitária transmitida ao homem através da picada do Triatoma infestans (barbeiro). É endêmica em alguns países da América do Sul e associa-se a condições precárias de habitação. Produz em sua forma crônica um distúrbio cardíaco que termina por causar insuficiência cardíaca e distúrbios do ritmo cardíaco.
3 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
Gostou do artigo? Compartilhe!