Gostou do artigo? Compartilhe!

A “hora de dormir” para crianças em idade pré-escolar e o risco de obesidade na adolescência

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Trabalho publicado pelo The Journal of Pediatrics buscou determinar se crianças em idade pré-escolar com “hora para dormir” têm menor risco de obesidade1 na adolescência e se essa redução de risco é modificada pela sensibilidade materna (capacidade de uma mãe para perceber e inferir o significado por trás de sinais2 comportamentais do seu filho e responder a eles prontamente e de forma adequada).

Os dados de 977 dos 1364 participantes do Study of Early Child Care and Youth Development foram analisados. Nascidos saudáveis de gestação não gemelar, em dez locais dos Estados Unidos, em 1991, eram elegíveis para a inscrição. Em 1995-1996, as mães relataram os hábitos de sono da criança em idade pré-escolar (média=4,7 anos) em uma semana típica e observou-se a interação mãe-filho para avaliar a sensibilidade materna. Em uma idade média de 15 anos, a altura e o peso corporal foram medidos e a obesidade1 na adolescência foi definida como um percentual de índice de massa corporal3, para idade e determinado sexo, ≥ ao percentil 95 de referência dos EUA.

Veja nossos artigos sobre "Obesidade1" e "Índice de massa corporal3".

Um quarto das crianças em idade pré-escolar tinha “hora para dormir” cedo (20 horas ou mais cedo), metade tinha “hora para dormir” após 20 horas até 21 horas e um quarto dormia após às 21 horas. A “hora de dormir” das crianças foi semelhante, independentemente da sensibilidade materna (P=0,2). A prevalência4 de obesidade1 na adolescência foi de 10%, 16% e 23%, respectivamente, para os horários para dormir citados. Análise multivariável do risco relativo (IC 95%) para a obesidade1 na adolescência foi de 0,48 (0,29 a 0,82) para pré-escolares com início do sono mais cedo em comparação com pré-escolares que dormiam mais tarde. Este risco não foi modificado pela sensibilidade materna (P=0,99).

As conclusões mostram que crianças em idade pré-escolar com “hora de dormir” mais cedo, de segunda a sexta, tem metade das chances de serem obesas quando adolescentes, comparadas a crianças que dormem em horários mais tardios. A “hora de dormir” é uma rotina modificável que pode ajudar a prevenir a obesidade1 futura.

 

Fonte: The Journal of Pediatrics, publicação online de 14 de julho de 2016

NEWS.MED.BR, 2016. A “hora de dormir” para crianças em idade pré-escolar e o risco de obesidade na adolescência. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/1272483/a-hora-de-dormir-para-criancas-em-idade-pre-escolar-e-o-risco-de-obesidade-na-adolescencia.htm>. Acesso em: 13 dez. 2018.

Complementos

1 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
2 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
3 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
4 Prevalência: Número de pessoas em determinado grupo ou população que são portadores de uma doença. Número de casos novos e antigos desta doença.
Gostou do artigo? Compartilhe!