Atalho: 6HU3LRU
Gostou do artigo? Compartilhe!

FDA: benzocaína pode levar ao aparecimento de metahemoglobinemia, principalmente em crianças abaixo dos dois anos de idade

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Passar um líquido, pomada ou gel na gengiva parece uma ação inocente, no entanto, alguns desses medicamentos, vendidos sem prescrição médica, podem conter uma substância conhecida como benzocaína. Um anestésico tópico1 que pode levar ao desenvolvimento de uma doença conhecida como metahemoglobinemia2.

A benzocaína pode ajudar a aliviar as dores nas gengivas que surgem com a erupção3 dos dentes de leite. Este anestésico tópico1 pode ser encontrado em produtos vendidos sem prescrição médica. A utilização de benzocaína em géis ou líquidos para a boca4 pode levar a uma doença rara, mas grave, e por vezes fatal. Esta condição é chamada de metahemoglobinemia2, uma doença na qual a quantidade de oxigênio transportado através da corrente sanguínea é muito reduzida. Nos casos mais graves, ela pode resultar em morte. Crianças menores de dois anos parecem estar particularmente em risco.

O Food and Drug Administration (FDA), primeiro advertiu sobre os perigos potenciais desta medicação, em 2006. A agência recebeu 29 relatos de casos de metahemoglobinemia2 relacionados ao uso de benzocaína em gel. Dezenove destes casos ocorreram em crianças, e 15 dos 19 casos ocorreram em crianças menores de dois anos de idade. O FDA repetiu o alerta em abril de 2011 e mantém-se particularmente preocupado com o uso de produtos vendidos sem prescrição médica que contém benzocaína. Estes produtos são muito usados em crianças para alívio da dor provocada pelo nascimento dos dentes de leite. Essa preocupação aumenta à medida em que sabe-se que muitos pais não sabem reconhecer os sinais5 e sintomas6 da metahemoglobinemia2 ao usar esses produtos em casa.

Os sintomas6 podem nem sempre ser evidentes ou são atribuídos a outras condições. Por estas razões, o FDA recomenda que os pais não usem tais produtos em crianças menores de dois anos, exceto sob orientação e supervisão de um profissional de saúde7.

Os sinais5 de perigo da metahemoglobinemia2 incluem: palidez cutânea8, coloração cinza ou azulada na pele9, lábios e unhas10; falta de ar, fadiga11, confusão mental, dor de cabeça12, delírio13 e aumento da frequência cardíaca. Estes sintomas6 podem ocorrer dentro de minutos a horas após o uso da medicação. Eles podem ocorrer tanto na primeira vez que o produto é usado, quanto depois de várias utilizações.

Se uma criança apresentar tais sintomas6, o uso do produto deve ser suspenso e um médico deve ser imediatamente consultado.

O tratamento da metahemoglobinemia2 causada por benzocaína pode necessitar da admissão em um hospital. Os casos graves devem ser tratados imediatamente. Se esta doença não for tratada ou se o tratamento for retardado, a metahemoglobinemia2 pode causar danos irreversíveis aos tecidos do corpo e ao cérebro14, e até mesmo a morte, devido à quantidade insuficiente de oxigênio circulante no organismo.

Fonte: U.S. Food and Drug Administration (FDA)

NEWS.MED.BR, 2012. FDA: benzocaína pode levar ao aparecimento de metahemoglobinemia, principalmente em crianças abaixo dos dois anos de idade. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/pharma-news/303520/fda-benzocaina-pode-levar-ao-aparecimento-de-metahemoglobinemia-principalmente-em-criancas-abaixo-dos-dois-anos-de-idade.htm>. Acesso em: 21 jan. 2022.

Complementos

1 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
2 Metahemoglobinemia: Condição caracterizada pela presença de um nível mais alto do que o normal de metahemoglobina no sangue. A metahemoglobina é uma forma de hemoglobina que não se liga ao oxigênio. Quando sua concentração está elevada nas hemácias, pode ocorrer uma anemia funcional e uma falta de oxigênio aos tecidos.
3 Erupção: 1. Ato, processo ou efeito de irromper. 2. Aumento rápido do brilho de uma estrela ou de pequena região da atmosfera solar. 3. Aparecimento de lesões de natureza inflamatória ou infecciosa, geralmente múltiplas, na pele e mucosas, provocadas por vírus, bactérias, intoxicações, etc. 4. Emissão de materiais magmáticos por um vulcão (lava, cinzas etc.).
4 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
5 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
6 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
7 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
8 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
9 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
10 Unhas: São anexos cutâneos formados por células corneificadas (queratina) que formam lâminas de consistência endurecida. Esta consistência dura, confere proteção à extremidade dos dedos das mãos e dos pés. As unhas têm também função estética. Apresentam crescimento contínuo e recebem estímulos hormonais e nutricionais diversos.
11 Fadiga: 1. Sensação de enfraquecimento resultante de esforço físico. 2. Trabalho cansativo. 3. Redução gradual da resistência de um material ou da sensibilidade de um equipamento devido ao uso continuado.
12 Cabeça:
13 Delírio: Delirio é uma crença sem evidência, acompanhada de uma excepcional convicção irrefutável pelo argumento lógico. Ele se dá com plena lucidez de consciência e não há fatores orgânicos.
14 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
Gostou do artigo? Compartilhe!