Atalho: 54LSKR4
Gostou do artigo? Compartilhe!

Curry pode ajudar a matar células cancerosas, segundo pesquisa publicada no British Journal of Cancer

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Acredita-se que a substância cúrcuma (diferuloylmethane), responsável pela cor amarelada do curry e que já foi testada como tratamento para artrite1 e demência2, possui poder de cura.

Pesquisa realizada por uma equipe do Cork Cancer3 Research Centre e publicada no British Journal of Cancer3 mostrou que, em laboratório, a cúrcuma pode destruir células4 cancerosas do esôfago5. Esta descoberta pode ajudar os médicos a descobrirem novos tratamentos para este tipo de tumor6.

Os pesquisadores observaram que a cúrcuma começa a matar as células4 no prazo de 24 horas. As células4 começam uma autodigestão depois que esta substância desencadeia a atividade de sinais7 de morte celular, que podem ser independentes da apoptose8.

O curry tem um sabor exótico e é um dos temperos mais antigos do mundo, sendo muito usado na Índia para o preparo de ovos, sopas, peixes, carnes, aves, legumes e molhos. O curry em pó encontrado em supermercados tem pouca semelhança com o original indiano, que é fresco e pode ser encontrado em duas versões, uma padrão e outra mais quente, chamada de Madras.

Fonte: British Journal of Cancer3 - publicação online de 6 de outubro de 2009

NEWS.MED.BR, 2009. Curry pode ajudar a matar células cancerosas, segundo pesquisa publicada no British Journal of Cancer. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/51478/curry-pode-ajudar-a-matar-celulas-cancerosas-segundo-pesquisa-publicada-no-british-journal-of-cancer.htm>. Acesso em: 21 set. 2021.

Complementos

1 Artrite: Inflamação de uma articulação, caracterizada por dor, aumento da temperatura, dificuldade de movimentação, inchaço e vermelhidão da área afetada.
2 Demência: Deterioração irreversível e crônica das funções intelectuais de uma pessoa.
3 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
4 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
5 Esôfago: Segmento muscular membranoso (entre a FARINGE e o ESTÔMAGO), no TRATO GASTRINTESTINAL SUPERIOR.
6 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
7 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
8 Apoptose: Morte celular não seguida de autólise, também conhecida como “morte celular programada“.
Gostou do artigo? Compartilhe!