Gostou do artigo? Compartilhe!

Vinagre pode reduzir glicemia pós-prandial e apetite

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Acrescentar uma modesta quantidade de vinagre na dieta pode ajudar a reduzir a glicemia pós-prandial1 e aumentar a sensação de saciedade durante todo o dia, de acordo com um pequeno estudo apresentado na 46° reunião do Colégio Americano de Nutrição2.

Pesquisadores do departamento de nutrição2 da Universidade do estado do Arizona testaram uma bebida composta de pequena quantidade de vinagre de maçã (20g), 49g de água e uma colher de chá de sacarina3 em 10 voluntários saudáveis não diabéticos.

Para comparação, em dias diferentes, os indivíduos foram avaliados após consumir uma bebida placebo4 com 60g de água e uma colher de chá de sacarina3 ou a bebida com vinagre (ácido acético). Em cada ocasião, a bebida foi ingerida após os voluntários terem ingerido pão e suco de laranja no café da manhã após período de jejum.

Amostras de sangue5 foram colhidas com 0, 30, 60, 90 e 120 minutos após a refeição.

Carol S. Johnson e colaboradores relataram que, após o consumo da bebida com vinagre, a medida da glicose6 após 60 minutos foi 35% mais baixa que os dias em que ingeriram placebo4.

Benefícios similares do efeito do vinagre já foram vistos por um grupo de pesquisadores da Lund University, na Suécia. Os pesquisadores testaram os efeitos do vinagre nos níveis glicêmicos e de insulina7 após as refeições. Em diferentes ocasiões, com intervalo de uma semana e após jejum de uma noite, 12 voluntários saudáveis ingeriram uma quantidade padrão de pão de trigo saturado com 18, 23 e 28g de vinagre. A maior quantidade de vinagre foi de 30 ml. Para comparação, eles também ingeriram um pedaço de pão sem vinagre.

Os participantes tiveram um período de 12-14 minutos para comer junto com 300 ml de água, chá ou café, de acordo com suas preferências. As análises revelaram que os níveis de glicose6 e insulina7 foram mais baixos 30 minutos após a ingestão do pão com vinagre. Os participantes também relataram uma sensação de saciedade por mais tempo quando o vinagre foi acrescentado ao pão.

Segundo a Associação Americana de Diabetes8, os estudos foram limitados a pacientes saudáveis e podem não se aplicar a pacientes com diabetes tipo 29 ou outras condições. São necessárias mais pesquisas para entender exatamente os efeitos do vinagre no organismo.

Fonte: American Diabetes8 Association

NEWS.MED.BR, 2006. Vinagre pode reduzir glicemia pós-prandial e apetite. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/1869/vinagre-pode-reduzir-glicemia-pos-prandial-e-apetite.htm>. Acesso em: 14 dez. 2019.

Complementos

1 Glicemia pós-prandial: Teste de glicose feito entre 1 a 2 horas após refeição.
2 Nutrição: Incorporação de vitaminas, minerais, proteínas, lipídios, carboidratos, oligoelementos, etc. indispensáveis para o desenvolvimento e manutenção de um indivíduo normal.
3 Sacarina: Adoçante sem calorias e sem valor nutricional.
4 Placebo: Preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, ministrada em substituição a um medicamento, com a finalidade de suscitar ou controlar as reações, geralmente de natureza psicológica, que acompanham tal procedimento terapêutico.
5 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
6 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
7 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
8 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
9 Diabetes tipo 2: Condição caracterizada por altos níveis de glicose causada tanto por graus variáveis de resistência à insulina quanto por deficiência relativa na secreção de insulina. O tipo 2 se desenvolve predominantemente em pessoas na fase adulta, mas pode aparecer em jovens.
Gostou do artigo? Compartilhe!