Gostou do artigo? Compartilhe!

Mulheres que param de fumar reduzem, em cinco anos, o risco de desenvolver doenças respiratórias. Em 20 anos, o risco de morte se iguala ao de uma mulher que nunca fumou

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Estudo publicado, em maio de 2008, no Journal of the American Medical Association (JAMA) concluiu que o risco de morte para mulheres que abandonam o cigarro se torna igual ao de uma mulher que nunca fumou após 20 anos sem fumar. Há também uma redução de 13% em todas as causas de morte registradas nos primeiros cinco anos em que o hábito é abandonado, comparado às mulheres que continuam fumando.

 

Para estudar a relação entre cigarro, abandono do fumo e risco de morte geral e para causas específicas em mulheres, foi realizado um estudo prospectivo1 observacional denominado Nurses' Health Study que envolveu 104.519 enfermeiras acompanhadas de 1980 a 2004 nos Estados Unidos.

 

O estudo mostra que as mulheres que começam a fumar em idade precoce estão sob maior risco de desenvolver doenças cardiorrespiratórias. Também foi apontado que 64% das mortes em fumantes ativos e 28% das mortes em ex-fumantes são atribuíveis ao tabagismo.

 

Para as mortes especificamente ligadas a doenças respiratórias, houve uma redução de 18% em um período de 5 a 10 anos de abstinência, mas apenas em um intervalo de 20 anos após ter abandonado o cigarro o risco de morte se iguala ao de uma mulher que nunca fumou.

 

O risco de câncer2 de pulmão3 tem uma redução de 21% após cinco anos sem fumar e é semelhante ao de uma mulher que nunca fumou após 30 anos sem cigarro.

 

Fonte: JAMA

 

NEWS.MED.BR, 2008. Mulheres que param de fumar reduzem, em cinco anos, o risco de desenvolver doenças respiratórias. Em 20 anos, o risco de morte se iguala ao de uma mulher que nunca fumou. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/17220/mulheres-que-param-de-fumar-reduzem-em-cinco-anos-o-risco-de-desenvolver-doencas-respiratorias-em-20-anos-o-risco-de-morte-se-iguala-ao-de-uma-mulher-que-nunca-fumou.htm>. Acesso em: 23 out. 2021.

Complementos

1 Prospectivo: 1. Relativo ao futuro. 2. Suposto, possível; esperado. 3. Relativo à preparação e/ou à previsão do futuro quanto à economia, à tecnologia, ao plano social etc. 4. Em geologia, é relativo à prospecção.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
3 Pulmão: Cada um dos órgãos pareados que ocupam a cavidade torácica que tem como função a oxigenação do sangue.
Gostou do artigo? Compartilhe!