Atalho: 611WSPC
Gostou do artigo? Compartilhe!

Além de reduzir o sódio da dieta, aumentar a ingestão de potássio pode ajudar na saúde cardíaca e na redução da mortalidade por essas causas, conforme publicado no Archives of Internal Medicine

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Vários estudos epidemiológicos sugeriram que a maior ingestão de sódio e a menor ingestão de potássio estão associadas ao risco aumentado para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares1 (DCV). Poucos estudos avaliaram os efeitos conjuntos da ingestão desses elementos no risco de mortalidade2.

A pesquisa prospectiva e de coorte3, conhecida como Third National Health and Nutrition Examination Survey (1988-2006), publicada na revista científica Archives of Internal Medicine, teve o objetivo de investigar e estimar a ingestão de sódio e potássio, bem como a relação de proporção entre os dois elementos em relação ao risco de todas as causas de mortalidade2 cardiovasculares. Uma amostra nacionalmente representativa de 12.267 adultos dos EUA participou das avaliações.

Durante um período médio de acompanhamento de 14,8 anos, foram documentadas 2.270 mortes, incluindo 825 mortes por doenças cardiovasculares1 (DCV) e 443 mortes por doenças isquêmicas do coração4 (DIC). Após ajuste multivariado, a maior ingestão de sódio foi associada ao aumento de todas as causas de mortalidade2, enquanto a maior ingestão de potássio foi associada a um menor risco de mortalidade2. Quanto ao sódio-potássio ingeridos, uma maior relação entre os dois, ou seja, um consumo maior de sódio em relação ao consumo de potássio, está associado ao aumento significativo do risco de DCV e mortalidade2 por qualquer causa. A maior ingestão de sódio está associada ao aumento da mortalidade2 total na população geral dos EUA.

O sódio está presente principalmente no sal de cozinha e nos alimentos processados5, e o potássio em vários alimentos como a banana, espinafre, ameixa, iogurte natural e peixes. É importante lembrar que pessoas com doença renal6 crônica podem precisar limitar a ingestão de potássio na dieta.

Fonte: Archives of Internal Medicine - Volume 171, No. 13, de 11 de julho de 2011

NEWS.MED.BR, 2011. Além de reduzir o sódio da dieta, aumentar a ingestão de potássio pode ajudar na saúde cardíaca e na redução da mortalidade por essas causas, conforme publicado no Archives of Internal Medicine. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/medical-journal/225745/alem-de-reduzir-o-sodio-da-dieta-aumentar-a-ingestao-de-potassio-pode-ajudar-na-saude-cardiaca-e-na-reducao-da-mortalidade-por-essas-causas-conforme-publicado-no-archives-of-internal-medicine-i.htm>. Acesso em: 17 set. 2019.

Complementos

1 Doenças cardiovasculares: Doença do coração e vasos sangüíneos (artérias, veias e capilares).
2 Mortalidade: A taxa de mortalidade ou coeficiente de mortalidade é um dado demográfico do número de óbitos, geralmente para cada mil habitantes em uma dada região, em um determinado período de tempo.
3 Coorte: Grupo de indivíduos que têm algo em comum ao serem reunidos e que são observados por um determinado período de tempo para que se possa avaliar o que ocorre com eles. É importante que todos os indivíduos sejam observados por todo o período de seguimento, já que informações de uma coorte incompleta podem distorcer o verdadeiro estado das coisas. Por outro lado, o período de tempo em que os indivíduos serão observados deve ser significativo na história natural da doença em questão, para que haja tempo suficiente do risco se manifestar.
4 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
5 Alimentos processados: São aqueles que passam por processamento industrial (larga escala) ou doméstico, contendo elementos químicos. Este processo de transformação, mesmo que caseiro, é percebido como menos saudável que o natural. Geralmente estes produtos sofrem junção com outro tipo de produto, como conservantes, ou alterações em sua temperatura. Exemplo: qualquer produto enlatado, engarrafado ou embutidos.
6 Renal: Relacionado aos rins. Uma doença renal é uma doença dos rins. Insuficiência renal significa que os rins pararam de funcionar.
Gostou do artigo? Compartilhe!