Gostou do artigo? Compartilhe!

Crianças absorvem mais radiação de micro-ondas do que adultos: as consequências. Publicação do Journal of Microscopy and Ultrastructure

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie esta notícia

Artigo publicado pelo Journal of Microscopy and Ultrastructure mostra que as crianças absorvem mais radiação de micro-ondas do que os adultos e que este tipo de radiação, presente em dispositivos sem fio, já foi declarada como um possível carcinógeno humano (classe 2B) pela International Agency for Research on Cancer1 (IARC) da Organização Mundial de Saúde2.

Alguns pontos importantes desta publicação:

  • A simulação por computador usando exames de ressonância magnética3 de crianças é a única maneira possível de determinar a radiação de micro-ondas (MWR) absorvida em tecidos específicos em crianças. As crianças absorvem mais MWR do que os adultos, porque seu tecido4 cerebral é mais absorvente, sua calota craniana e a pele5 são mais finas e seu tamanho relativo é menor. A MWR de dispositivos sem fio foi declarada como um possível carcinógeno humano (classe 2B) pela International Agency for Research on Cancer1 (IARC) da Organização Mundial de Saúde2
  • As crianças estão em maior risco do que os adultos, quando expostos a qualquer agente cancerígeno. E quanto mais nova a criança, maior o risco. O feto6 é particularmente vulnerável à MWR.
  • O tempo médio de latência7 entre a exposição e o primeiro diagnóstico8 de um tumor9 pode ser de décadas, tumores induzidos em crianças podem não ser diagnosticados até a idade adulta.
  • A exposição à MWR pode resultar na degeneração10 da bainha de mielina11 que rodeia os neurônios12. Brinquedos emissores de MWR estão sendo vendidos e usados por crianças muito pequenas e bebês13
  • A “Demência Digital” tem sido relatada em crianças em idade escolar.
  • Um estudo de caso mostrou que, quando celulares são colocados em sutiãs de meninas adolescentes, isso pode levar ao desenvolvimento de câncer1 de mama14 primário e múltiplo embaixo de onde esses telefones foram colocados.
  • Os limites jurídicos de exposição à MWR mantiveram-se inalterados por dezenove anos. Todos os fabricantes de smartphones têm avisos que descrevem a distância mínima em que o telefone deve ser mantido longe dos usuários, a fim de não exceder os atuais limites legais para a exposição à MWR. O limite de exposição para computadores portáteis e tablets é definido quando os dispositivos são testados a 20 centímetros de distância do corpo. 
  • Bélgica, França, Índia e outros governos tecnologicamente sofisticados estão aprovando leis ou emitindo alertas sobre o uso de dispositivos sem fio por crianças.

Fonte: Journal of Microscopy and Ultrastructure, publicação online de 15 de julho de 2014

NEWS.MED.BR, 2014. Crianças absorvem mais radiação de micro-ondas do que adultos: as consequências. Publicação do Journal of Microscopy and Ultrastructure. Disponível em: <https://www.news.med.br/p/saude/562132/criancas-absorvem-mais-radiacao-de-micro-ondas-do-que-adultos-as-consequencias-publicacao-do-journal-of-microscopy-and-ultrastructure.htm>. Acesso em: 12 dez. 2019.

Complementos

1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
3 Ressonância magnética: Exame que fornece imagens em alta definição dos órgãos internos do corpo através da utilização de um campo magnético.
4 Tecido: Conjunto de células de características semelhantes, organizadas em estruturas complexas para cumprir uma determinada função. Exemplo de tecido: o tecido ósseo encontra-se formado por osteócitos dispostos em uma matriz mineral para cumprir funções de sustentação.
5 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
6 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
7 Latência: 1. Estado, caráter daquilo que se acha latente, oculto. 2. Por extensão de sentido, é o período durante o qual algo se elabora, antes de assumir existência efetiva. 3. Em medicina, é o intervalo entre o começo de um estímulo e o início de uma reação associada a este estímulo; tempo de reação. 4. Em psicanálise, é o período (dos quatro ou cinco anos até o início da adolescência) durante o qual o interesse sexual é sublimado; período de latência.
8 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
9 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
10 Degeneração: 1. Ato ou efeito de degenerar (-se). 2. Perda ou alteração (no ser vivo) das qualidades de sua espécie; abastardamento. 3. Mudança para um estado pior; decaimento, declínio. 4. No sentido figurado, é o estado de depravação. 5. Degenerescência.
11 Bainha de mielina: É uma bainha rica em lipídeos revestindo muitos axônios tanto no sistema nervoso central como no sistema nervoso periférico. Ela é um isolante elétrico que permite uma condução mais rápida e mais energeticamente eficiente dos impulsos nervosos. Esta bainha é formada pelas membranas celulares das células da glia (células de Schwann no sistema nervoso periférico e oligodendróglia no sistema nervoso central).
12 Neurônios: Unidades celulares básicas do tecido nervoso. Cada neurônio é formado por corpo, axônio e dendritos. Sua função é receber, conduzir e transmitir impulsos no SISTEMA NERVOSO. Sinônimos: Células Nervosas
13 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
14 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
Gostou do artigo? Compartilhe!