news.med.br
Medical Journal - 23/10/12
Estudo randomizado1 avalia efeito de leguminosas como parte de uma dieta de baixo índice glicêmico no controle da glicemia2 e de fatores de risco cardiovasculares em pacientes com diabetes mellitus3 tipo 2. Os resultados mostram que a incorporação deste tipo de alimento melhorou tanto o controle glicêmico, quanto reduziu o risco calculado de doenças coronarianas em diabéticos do tipo 2.
1 Estudo randomizado: Ensaios clínicos comparativos randomizados são considerados o melhor delineamento experimental para avaliar questões relacionadas a tratamento e prevenção. Classicamente, são definidos como experimentos médicos projetados para determinar qual de duas ou mais intervenções é a mais eficaz mediante a alocação aleatória, isto é, randomizada, dos pacientes aos diferentes grupos de estudo. Em geral, um dos grupos é considerado controle - o que algumas vezes pode ser ausência de tratamento, placebo, ou mais frequentemente, um tratamento de eficácia reconhecida. Recursos estatísticos são disponíveis para validar conclusões e maximizar a chance de identificar o melhor tratamento. Esses modelos são chamados de estudos de superioridade, cujo objetivo é determinar se um tratamento em investigação é superior ao agente comparativo.
2 Glicemia: Valor de concentração da glicose do sangue. Seus valores normais oscilam entre 70 e 110 miligramas por decilitro de sangue (mg/dl).
3 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
   [Mais...]

Pharma News - 07/06/11
A Ampio Pharmaceuticals, empresa com foco em novas indicações para medicações já aprovadas para uso, anunciou dados da análise da fase III dos testes clínicos com o Zertane (cloridrato de tramadol), opioide já usado como analgésico1 que demonstrou sucesso no tratamento da ejaculação2 precoce.
1 Analgésico: Medicamento usado para aliviar a dor. As drogas analgésicas incluem os antiinflamatórios não-esteróides (AINE), tais como os salicilatos, drogas narcóticas como a morfina e drogas sintéticas com propriedades narcóticas, como o tramadol.
2 Ejaculação: 1. Ato de ejacular. Expulsão vigorosa; forte derramamento (de líquido); jato. 2. Em fisiologia, emissão de esperma pela uretra no momento do orgasmo. 3. Por extensão de sentido, qualquer emissão. 4. No sentido figurado, fartura de palavras; arrazoado.
   [Mais...]

Pharma News - 28/09/10
Estudo com cobaias de laboratório mostrou que uma dose de apenas 2 mg de Prozac (fluoxetina) ao dia, apenas nos dias em que os sintomas1 da síndrome2 de tensão pré-menstrual (TPM) aparecem, pode ajudar a prevenir os danos causados por esta condição, de acordo com estudo divulgado no British Science Festival.
1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
   [Mais...]

Novos medicamentos - 09/07/10
Saiba mais sobre os lançamentos da indústria farmacêutica: Sollevare, citrato de sidenafila da EMS; Fleet enema1 voltou em nova embalagem; Siilif, o antiespasmódico da Nycomed Pharma; Fenirax Creme, antialérgico tópico2 do laboratório Multilab; Confiare Prevent, lançamento da Medley; e Motivol, primeiro fitoterápico da Medquímica.
1 Enema: Introdução de substâncias líquidas ou semilíquidas através do esfíncter anal, com o objetivo de induzir a defecação ou administrar medicamentos.
2 Tópico: Referente a uma área delimitada. De ação limitada à mesma. Diz-se dos medicamentos de uso local, como pomadas, loções, pós, soluções, etc.
   [Mais...]

Medical Journal - 15/06/10
Artigo de revisão publicado no The Lancet conclui que o uso de fibratos pode reduzir o risco dos principais eventos cardiovasculares, predominantemente evitando problemas coronarianos, e ser importante para pessoas com dislipidemias combinadas.   [Mais...]
Medical Journal - 09/10/09
Adultos com herpes zoster1 têm risco aumentado de derrame2 cerebral, principalmente se o vírus3 atacar os olhos4, segundo estudo publicado na revista científica Stroke. O risco é 30% maior para todos os tipos de derrame2 e aproximadamente três vezes maior para o acidente vascular cerebral5 do tipo hemorrágico6.
1 Zoster: Doença produzida pelo mesmo vírus que causa a varicela (Varicela-Zóster). Em pessoas que já tenham tido varicela, o vírus se encontra em forma latente e pode ser reativado produzindo as características manchas avermelhadas, vesículas e crostas no território de distribuição de um determinado nervo. Como seqüela pode deixar neurite, com dores importantes.
2 Derrame: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
3 Vírus: Pequeno microorganismo capaz de infectar uma célula de um organismo superior e replicar-se utilizando os elementos celulares do hospedeiro. São capazes de causar múltiplas doenças, desde um resfriado comum até a AIDS.
4 Olhos:
5 Acidente vascular cerebral: Conhecido popularmente como derrame cerebral, o acidente vascular cerebral (AVC) ou encefálico é uma doença que consiste na interrupção súbita do suprimento de sangue com oxigênio e nutrientes para o cérebro, lesando células nervosas, o que pode resultar em graves conseqüências, como inabilidade para falar ou mover partes do corpo. Há dois tipos de derrame, o isquêmico e o hemorrágico.
6 Hemorrágico: Relativo à hemorragia, ou seja, ao escoamento de sangue para fora dos vasos sanguíneos.
   [Mais...]

Para pacientes - 10/08/07
O Colégio Americano de Medicina Esportiva (The American College of Sports Medicine - ACSM) e a Associação Americana do Coração1 (American Heart Association - AHA) atualizaram as recomendações sobre exercícios físicos para adultos, idosos e adultos com doenças crônicas. Escolha abaixo sua categoria e encontre as recomendações para você ter uma vida saudável e ativa.
1 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
   [Mais...]

news.med.br - 21/12/06
Idosos que receberam apenas 10 sessões de treinamento mental apresentaram melhoras na memória, no raciocínio e na velocidade de processar informações cinco anos após as sessões, dizem os pesquisadores que conduziram o Advanced Cognitive Training for Independent and Vital Elderly study, ou ACTIVE. Os resultados foram publicados na edição de 20 de dezembro do Journal of the American Medical Association.   [Mais...]
Saúde - 03/05/06
De acordo com os resultados de um estudo recentemente publicado pela Organização Mundial de Saúde1, é possível que crianças nascidas em qualquer parte do mundo, independente de origem ou hereditariedade2, atinjam os mesmos parâmetros de altura e peso se tiverem um início de vida ideal. A Associação Pediátrica Internacional está encorajando seus membros a adotarem o novo padrão.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Hereditariedade: Conjunto de eventos biológicos responsáveis pela transmissão de uma herança a seus descendentes através de seus genes. Existem dois tipos de hereditariedade: especifica e individual. A hereditariedade especifica é responsavel pela transmissão de agentes genéticos que determinam a herança de características comuns a uma determinada espécie. A hereditariedade individual designa o conjunto de agentes genéticos que atuam sobre os traços e características próprios do indivíduo que o tornam um ser diferente de todos os outros.
   [Mais...]

Medical Journal - 18/01/06
Foi publicado na revista The Lancet que a relação cintura-quadril é melhor que o índice de massa corporal1 (IMC2) para prognóstico3 de risco de ataques cardíacos para vários grupos étnicos. Se a obesidade4 for redefinida segundo a relação cintura-quadril ao invés do uso do IMC2, a proporção de pessoas com risco de um ataque cardíaco triplica, segundo dados do estudo Interheart. Confira aqui uma calculadora do índice cintura X quadril e confira seus resultados.
1 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
2 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
3 Prognóstico: 1. Juízo médico, baseado no diagnóstico e nas possibilidades terapêuticas, em relação à duração, à evolução e ao termo de uma doença. Em medicina, predição do curso ou do resultado provável de uma doença; prognose. 2. Predição, presságio, profecia relativos a qualquer assunto. 3. Relativo a prognose. 4. Que traça o provável desenvolvimento futuro ou o resultado de um processo. 5. Que pode indicar acontecimentos futuros (diz-se de sinal, sintoma, indício, etc.). 6. No uso pejorativo, pernóstico, doutoral, professoral; prognóstico.
4 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
   [Mais...]

Mostrar: 10
<< - « Anteriores - 7 - 8 - 9 - 10 - 11 - 12 - Próximos » - >>
91 a 100 (Total: 1383)
  • Entrar
  • Receber conteúdos